Bots01/02/2017 às 11h38

Gigio: chatbot para restaurantes atende a pedidos pelo Messenger

Fernando Paiva

Um chatbot brasileiro está substituindo o tradicional atendimento telefônico para recebimento de pedidos de restaurantes do Brasil e dos EUA. Trata-se do Gigio, um sistema criado pela Hive Marketing Technology que permite a construção de bots sob medida para restaurantes no Facebook Messenger. Em questão de horas, qualquer estabelecimento constroi o seu próprio Gigio, subindo os dados do seu cardápio (nome de cada prato, foto, descrição e preço), e passa a ter um atendente virtual em sua página no Facebook.

O Gigio conduz a conversa através de botões, mas também processa linguagem natural, por meio de um motor construído pela própria Hive. Em uma pizzaria, por exemplo, o cliente pode perguntar livremente "O que você tem com bacon?", e o chatbot apresenta os sabores que contêm esse ingrediente. O pagamento pode ser feito com cartão de crédito dentro da janela de bate-papo, por meio de um webview em HTML5. O Gigio guarda os dados do cliente, como endereço de entrega e sabores preferidos, o que agiliza as compras seguintes.

A única barreira inicial é mudar o hábito dos consumidores, que não estão acostumados a pedir comida pelo Messenger, comenta o CEO da Hive, Mitikazu Lisboa. Para resolver isso, a Hive oferece um pacote que inclui a compra de mídia no Facebook no primeiro fim de semana de funcionamento de cada bot, para conquistar clientes na rede social. O executivo aposta também no sucesso decorrente da facilidade de uso: como o chatbot memoriza os dados dos clientes, se torna mais rápido pedir pelo Messenger do que ligar pelo telefone ou acessar um app. Aliás, Lisboa nota um descontentamento de muitos restaurantes com apps, o que aceleraria a adoção de bots.

Lançado em dezembro passado, o Gigio já está sendo usado por 20 restaurantes, 15 deles em São Paulo, três em outros estados e dois nos EUA – a plataforma funciona em Português e Inglês.  "Pusemos em um restaurante de um amigo da Hive para testar e ele trouxe outros 11. Nem temos área comercial para o Gigio ainda. Não estávamos preparados para esse sucesso", comenta Lisboa. O preço cobrado para a utilização da plataforma é uma mensalidade de R$ 89,90 (valor promocional válido até maio, depois passará para R$ 149).

A expectativa da Hive é chegar a pelo menos 500 restaurantes até o fim do ano. Além do Brasil e dos EUA, a empresa aposta nos mercados de Portugal e do Japão. Neste último, o foco serão estrangeiros que vivem no país asiático e não se acostumaram a usar o Line, principal app de mensageria local, preferindo ainda o Facebook Messenger.

Notícias relacionadas