Realidade virtual01/05/2018 às 18h30

Facebook lança Oculus Go, seu óculos de VR que não depende de smartphone

Da Redação

O Facebook está de fato comprometido com o desenvolvimento do ecossistema de conteúdo em realidade virtual (VR, na sigla em inglês): a empresa anunciou hoje o lançamento do Oculus Go, seu óculos de VR que não precisa acoplar um smartphone para funcionar. Ele tem uma tela própria de LCD com 538 ppi; chipset Snapdragon 821, da Qualcomm; sistema de áudio; e bateria embutida que dura cerca de 2 horas para jogos ou 2,5 horas para vídeos.

O óculos é compatível com os apps criados para o Gear VR, então já nasce com acesso a uma loja com mais de 1 mil títulos.

O Oculus Go já começou a ser vendido. Ele está disponível em duas versões, cuja diferença é a memória interna: 32 GB (US$ 199) e 64 GB (US$ 249). O produto pode ser encomendado por consumidores de 23 países no momento: Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Coreia do Sul, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Irlanda, Islândia, Itália, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Polônia, Reino Unido, Suécie, Suíça e Taiwan.

Oculus Venues

Junto com o novo dispositivo, o Facebook apresentou o Oculus Venues, um serviço para acesso a conteúdo ao vivo, como shows de música e eventos esportivos, com transmissão em 360 graus para usuários do óculos.

Outra novidade é o Oculus TV, um app que simula uma espécie de cinema particular onde o usuário pode assistir às suas séries e filmes preferidos fornecidos por provedores de conteúdo como Hulu, Showtime e ESPN, como se estivesse de frente para uma grande tela de cinema.