Serviços móveis03/10/2017 às 19h38

Brasil fecha agosto com 242,1 milhões de linhas móveis

Lucia Berbert, do Teletime

A telefonia móvel chegou ao fim de agosto com 242,1 milhões de linhas em operação, com 156,1 mil acessos a mais que no mês anterior, representando crescimento de 0,06%. Porém, na comparação com igual mês do ano passado, houve redução de 9,9 milhões de linhas (-3,93%).

Em agosto, as linhas 4G apresentaram crescimento de 5,22% em relação a julho, com a adição de 4,3 milhões de ativações. As linhas para aplicações máquina-máquina (M2M) registraram crescimento líquido de 232,3 mil. De acordo os dados da Anatel, todas as outras tecnologias registraram redução. Quando comparado com o mesmo mês do ano passado, as linhas 4G apresentaram crescimento de 90,96%, com mais 42,1 milhões de acessos, e M2M teve aumento de 2,2 milhões.

No total, a Vivo lidereou em adições líquidas no intervalo de um ano, com 1,1 milhão de novas linhas (+1,50%). A Oi, na quarta colocação, perdeu 5 milhões de acessos (-10,70%); a Claro, em terceiro lugar no mercado, ficou com menos 3,2 milhões de linhas (-5,06%), e a TIM, a segunda em participação de mercado, teve redução de 3,1 milhões de linha (-4,98%) no período.