Smartphones04/06/2018 às 21h00

Volume de smartphones enviados ao varejo no mundo cairá 0,2% neste ano, prevê IDC

Da Redação

De acordo com a International Data Corporation (IDC), o volume de vendas ao varejo de smartphones continuará com leve queda em 2018 e deve voltar a crescer em 2019. Em 2017, o recuo foi de 0,3% do mercado mundial de smartphones. Para a IDC, este ano não será muito diferente e o número de vendas deverá cair 0,2%, ou 1,462 bilhão de unidades. Em 2017, foram 1,465 bilhão, e, em 2016, 1,469 bilhão. De acordo com as previsões da empresa, é esperado que o mercado cresça cerca de 3% ao ano a partir de 2019 como volume de remessas mundiais chegando a 1,654 bilhão em 2022 e uma taxa de crescimento anual composta (CAGR, na sigla em inglês) de 2,5%.

A China foi a principal responsável pelo recuo recente. Seu mercado de smartphones caiu em 4,9% em 2017. A IDC prevê que o consumo ainda caia mais 7,1% no país este ano e deve se estabilizar em 2019.

Já a Índia parece desconhecer o tempo ruim, com expectativa de crescimento de 14% e 16% em 2018 e 2019.
Fora do eixo Ásia-Pacífico, as maiores regiões de crescimento serão Oriente Médio, África e América Latina. Todas as três regiões têm taxas de penetração relativamente baixas e muitas vantagens. Os desafios econômicos têm sido o principal inibidor nos últimos dois anos, mas a IDC espera que os gastos do consumidor aumentem ao longo da previsão e os smartphones sejam beneficiados.

5G

Tudo indica que a maré vai mudar e o crescimento das vendas de celulares retornará em 2019, um pouco antes dos primeiros aparelhos com a tecnologia 5G começarem a entrar no mercado. A IDC espera que os primeiros smartphones com 5G cheguem ao final do ano que vem e devem atingir um market share de 7% em 2020 e de 18% em 2022.

Preço médio de venda

Embora o volume enviado ao verejo caia ligeiramente em 2018, o preço médio de venda (ASP na sigla em inglês) atingirá US$ 345, o que representa um aumento de 10,3% em relação ao ASP do ano passado, que foi de US$ 313. “No futuro, podemos esperar que essa tendência continue, já que o ASP para um smartphone continuará a crescer durante o período de previsão. Em 2022, o preço médio de venda de um smartphone será de US$ 362, resultando em um CAGR de 5 anos de 2,9%”, disse Anthony Scarsella, gerente de pesquisa do Worldwide Quarterly Mobile Phone Tracker.