Conteúdo móvel05/05/2015 às 07h37

Pesquisa lista os 25 apps mais comuns na home screen dos internautas brasileiros

Fernando Paiva

Não há melhor maneira de saber quais são os apps mais usados por alguém do que ver os ícones que se encontram na home screen de seu smartphone, ou seja, a tela que abre logo que o aparelho é ligado. Na segunda pesquisa Mobile Time/Opinion Box sobre utilização de apps móveis por internautas brasileiros, os respondentes foram convidados a listar até 20 títulos que estão em sua home screen. WhatsApp e Facebook lideram a lista, presentes na home screen de 83% e 72% dos smartphones de internautas brasileiros, respectivamente. Em seguida vêm vários outros aplicativos de comunicação e/ou rede social, tais como Instagram, Messenger, Gmail, Twitter e Skype. Na lista dos 25 mais citados, merece destaque a presença de quatro bancos brasileiros: Banco do Brasil, Itaú, Bradesco e Caixa. E o único jogo que aparece entre os primeiros lugares é o Candy Crush. Veja abaixo a lista dos 25 mais citados e seus respectivos percentuais.

WHATSAPP

83,2%

FACEBOOK

72,3%

INSTAGRAM

39,1%

MESSENGER

33,7%

YOUTUBE

29,5%

GMAIL

20,7%

TWITTER

16,8%

SKYPE

15,4%

CHROME

14,7%

BANCO DO BRASIL

14,7%

GOOGLE

14,4%

GOOGLE MAPS

12,4%

PLAY STORE

11,8%

CANDY CRUSH

10,8%

WAZE

9,5%

ITAU

9,4%

BRADESCO

8,9%

NETFLIX

7,7%

CAIXA

7,5%

AVAST

7,4%

OLX

6,5%

VIBER

6,3%

OUTLOOK

6,1%

DROPBOX

6,1%

EMAIL

5,8%

Análise

Para medir a popularidade de um aplicativo móvel não basta acompanhar a sua quantidade de downloads. Afinal, muita gente baixa e depois desinstala apps. Algumas empresas gostam de usar uma métrica conhecida como MAU (usuários ativos por mês, na sigla em inglês), que representa a quantidade de pessoas que abriram o app nos últimos 30 dias, mas trata-se de um número que pode ser facilmente inflacionado usando notificações push. O ideal seria medir efetivamente a quantidade de sessões abertas por mês e quanto tempo o usuário passa com cada aplicativo aberto, números que somente os próprios desenvolvedores possuem e dificilmente revelam ao público.

Na pesquisa Mobile Time/Opinion Box foram entrevistados 1.280 brasileiros que acessam a Internet e possuem smartphone, respeitando as proporções de gênero, idade, faixa de renda e distribuição geográfica desse grupo – vale lembrar que metade da população brasileira acessa a Internet. A distribuição por sistema operacional do smartphone dos entrevistados foi a seguinte: Android (81,4%); Windows Phone (8,7%); iOS (7,7%); outros (2,2%).

Mais resultados da pesquisa estão sendo divulgados ao longo desta semana em Mobile Time. Confira algumas das matérias já publicadas na lista abaixo.