Estratégia06/02/2018 às 16h16

Linha de crédito com BNDES tem importância estratégica, diz TIM

Bruno do Amaral, do Teletime

A TIM comentou durante teleconferência de resultados nesta terça-feira, 6, a aprovação para a obtenção de uma linha de crédito de R$ 1,5 bilhão junto ao BNDES. Segundo o CFO da operadora, Adrian Calaza, o acordo não traz nenhum comprometimento até fazer o primeiro uso do aporte, e que isso é reflexo do funcionamento do fluxo de caixa. "Hoje conseguimos financiar todo o nosso Opex e investimentos", afirma.

Assim, a ideia da linha de crédito é de dar uma folga ao caixa. "Esse acordo com o BNDES tem conceito mais estratégico, porque permite fazer gestão muito mais eficiente do nosso endividamento e do nosso caixa", afirma Calaza. "A gente considera esse projeto bem estratégico para os próximos anos", completou o presidente da TIM, Stefano De Angelis.

O conselho de administração da operadora aprovou em reunião na segunda-feira, 5, os termos e condições do financiamento. A linha de crédito de R$ 1,5 bilhão deverá ser convertida em investimentos para o triênio 2017-2019. Um novo plano industrial da TIM em conjunto com a Telecom Italia deverá ser apresentado no dia 6 de março.