Handsets06/02/2018 às 21h25

Samsung Galaxy A8 e A8+ chegam ao Brasil com suporte ao LTE Advanced

Henrique Medeiros

A Samsung apresentou nesta terça-feira, 6, os smartphones Samsung Galaxy A8 e Samsung Galaxy A8+ para o mercado brasileiro. Assim como ocorre com os smartphones premium da série S8 e Note, os novos handsets possuem capacidade de conectar-se à rede LTE Advanced (4,5G).

Renato Citrini, gerente sênior de dispositivos da Samsung Brasil, explicou que, para este tipo de tecnologia, a fabricante realizou testes com as operadoras e os fornecedores de rede para garantir o funcionamento nas mais diferentes frequências existentes no País.

Portfólio

Em conversa com Mobile Time, Citrini revelou as mudanças que ocorrem no portfólio A com os novos smartphones. Com a entrada do Galaxy A8 e Galaxy A8+ no mercado brasileiro, o smartphone Galaxy A7 com tela de 5,7 polegadas deixa de ser fabricado. Em contrapartida, o handset Galaxy A5 com display de 5,2 continua no portfólio.

Por meio das novas mudanças, a ideia da companhia sul-coreana é que seu o line-up A tenha smartphones com telas de 5,2; 5,6 e 6 polegadas, para dar opções aos consumidores e evitar que um handset canibalize o outro. Vale lembrar que o Galaxy A7 e o Galaxy A5 foram lançados no começo de 2017.

Outra mudança no portfólio é o nome. Agora, a linha A terá nomes subsequentes, assim como acontece com a família S e Note. Ou seja, o lançamento de hoje é o A8 e A8+, em 2019 será A9 e A9+ e assim seguirá para os próximos anos.

Configuração

Os dois produtos foram apresentados ao mercado mundial em dezembro de 2017 e são os primeiros handsets do portfólio da fabricante em 2018. Produzidos em Manaus e Campinas, o A8 e A8+ chegam com 64 GB de espaço, 4 GB de RAM e opção de expansão para 400 GB via microSD. Inicialmente, a Samsung não lançará os modelos de 32 GB de armazenamento e 6 GB de RAM dos dois celulares no Brasil.

No restante, a configuração é a mesma da versão apresentada em dezembro. Com tela de 5,6 polegadas, o A8 tem processador octa-core Exynos 7885 (2.2 GHZ + 1.6 GHz), Android Nougat (7.1.1), 4G, Samsung Pay, USB tipo C, bateria de 3.000 mAh e câmera traseira de 16 MP e frontal dupla de 16 MP mais 8 MP. Por sua vez, o A8+ diferencia-se por ter display de 6 polegadas e 3.500 mAh de bateria.

Ambos os produtos possuem outras duas funcionalidades: proteção IP68 contra água e poeira, ou seja, os handsets podem ficar submersos por 1,5 metro de água fresca por 30 minutos; e podem ser acoplados ao Gear VR, sendo os primeiros da linha A da Samsung a terem esta opção.

Disponibilidade

Com cores em preto, dourado ou ametistas, o Galaxy A8 e Galaxy A8+ começam a ser vendidos a partir desta terça-feira, 6, nos principais varejistas brasileiros (online e offline). O A8 chega ao mercado por R$ 2.399 e o A8+ tem o preço sugerido de R$ 2.699.

Estratégia

Para o marketing dos smartphones A8 e A8+, a Samsung elaborou uma estratégia que trabalhará mídias tradicionais e novas. Em meios mais habituais, como TV aberta, fechada, cinema e shoppings, mídia externa e ponto de venda, a fabricante espera impactar mais de 20 milhões de brasileiros. Nas redes sociais e portais de Internet, a expectativa é de que 70 milhões de pessoas sejam atingidas pela campanha dos dispositivos.

A diretora de marketing da Samsung Brasil, Loredana Sarcinelli, destaca que a campanha focará nos jovens e em sua vocação musical. Para tanto, a Samsung patrocinará os festivais Lollapalooza Brasil e o Samsung Galaxy Festival Teen junto com o YouTube. Além disso, haverá ativação e transmissão dos handsets em programas da TV fechada, como no Prêmio Multishow (Multishow); The Voice (Sony); Miaw, VMA e EMA (MTV); Billboard Music Awards e American Music Awards (TNT).

Outro diferencial que a fabricante sul-coreana aposta é em uma ação no Spotify que permitirá a criação de uma playlist exclusiva para o usuário por meio de selfie tirada com o Samsung Galaxy A8 e A8+.

Vale frisar que a Samsung treinou desde janeiro deste ano 11 mil pessoas que trabalham em mais de 1,5 mil estabelecimentos em 25 cidades espalhadas pelo Brasil. Esses profissionais vão auxiliar os consumidores na compra do dispositivo.