Carros autônomos06/07/2018 às 18h19

Baidu faz seu centésimo ônibus autônomo

Da Redação

A Baidu fez seu centésimo ônibus autônomo. A frota deve rodar nas estradas chinesas em breve e, em 2019, no Japão. Os veículos, chamados de Apolong, têm lugares para 14 pessoas e foram desenvolvidos na plataforma Apollo, do fabricante chinês King Long. A Apollo é capaz de operações nível 4, o que significa que os veículos assumem toda a condução em determinadas condições. Inicialmente, os ônibus circularão em pontos turísticos, aeroportos e outras áreas controladas.

A empresa de tecnologia anunciou em sua conferência anual de desenvolvedores, nesta semana, que aumentou sua produção, informou a Bloomberg. Os ônibus serão lançados no Japão em parceria com a SB Drive, uma subsidiária autônoma de transporte público da Softbank.

Na conferência, a Baidu também anunciou algumas atualizações como o reconhecimento facial, que detectaria um motorista cansado, por exemplo, estacionamento com manobrista e relatórios do Engadget. A Baidu também informou que planeja incorporar um modelo de segurança com câmeras e software de visão computacional da Mobileye, uma subsidiária da Intel, de acordo com um comunicado de imprensa da desenvolvedora de chips.

O programa Apollo é uma plataforma de código aberto e aposta que sua tecnologia seja a fonte principal do desenvolvimento de veículos autônomos na China. Ela conta com 116 parceiras, dentre as quais: Jaguar Land Rover, Valeo, Byton, Leopard Imaging e Suning Logistics.