5G06/07/2018 às 17h51

Nokia e China Mobile terão laboratório conjunto de IA para 5G

Bruno do Amaral, da Teletime

Assim como a Huawei, a Nokia também anunciou parceria com a China Mobile nesta sexta-feira, 6. A finlandesa e a operadora chinesa assinaram um memorando de entendimento (MoU) para pesquisas em recursos de gestão de rádio e previsão de tráfego utilizando inteligência artificial e machine learning em uma rede de acesso 5G. Com isso, as companhias estabeleceram um laboratório conjunto na cidade chinesa de Hangzhou, próxima a Xangai, para acelerar a inovação e integração e visando fomentar um ecossistema de RAN aberta para trabalhar com fornecedores terceiros para serviços de 5G e Edge Cloud.

O laboratório vai desenvolver sistema de demonstração para verificar casos de uso da tecnologia utilizando a arquitetura 5G Future X da Nokia, enquanto a China Mobile deverá liderar a pesquisa com seleção de cenário, confirmação e requerimentos, padronização de APIs abertas e definição da solução. Com o sistema de IA e machine learning, as empresas pretendem poder prever mudanças na demanda e alocar recursos automaticamente, em especial diante de cenários de 5G e Internet das Coisas.

O novo laboratório na China terá participação de fornecedores terceiros para entregar serviços como games de realidade virtual baseada na nuvem. As companhias usarão soluções da Nokia como AirScale Cloud RAN, AirFrame OpenRack, servidor open edge e chipsets ReefShar, assim como middleware de IA desenvolvido pela finlandesa para "inteligência embutida". A fornecedora e a China Mobile vão conduzir os testes de campo e demonstrações.