Handsets07/02/2018 às 18h32

Turing Robotics declara falência na Finlândia

Da Redação

A fabricante do smartphone Turing Phone declarou falência na Finlândia nesta semana. Em postagem no Facebook, Steve Y.L, CEO da empresa, disse que o pedido não é a confirmação de uma bancarrota, mas uma forma de “suspender temporariamente” suas operações e intenções de fabricar os smartphone em Salo, Finlândia.

Criada em 2015, a companhia surgiu no mercado com a promessa de criar um smartphone 100% seguro. Feita por ex-funcionários da Nokia, a Turing Robotics recebeu investimento de um fundo chinês, mas não teve sorte na empreitada. De acordo com os jornais finlandeses, a empresa estaria devendo mais de 1,9 milhão de euros aos seus fornecedores.

O Turing Phone, seu smartphone, chegou ao mercado com seu corpo baseado em um metal líquido indobrável e mais resistente que aço ou titânio. No entanto, por motivos de segurança, a empresa teve que sair dos EUA e mudar para Finlândia, além de trocar o Android Lollipop (5.1) pelo Sailfish OS.

Em 2017 a companhia apresentou um novo handset, o Apassionato. Este dispositivo teria 8 GB de RAM, 128 GB de armazenamento, entrada USB Tipo C e o assistente pessoal Sir Alan. Poucas unidades foram enviadas para alguns clientes fazerem  e análises, mas o Turing não chegou ao grande público.