Assistentes pessoais virtuais07/06/2018 às 20h22

Google Assistente é integrado a apps nacionais

Henrique Medeiros

O Google apresentou nesta quinta-feira, 7, uma série de novidades em seus produtos para o público brasileiro. A principal delas é a expansão do assistente virtual para dispositivos móveis, o Google Assistente, que receberá nos próximos dias novas ações (comandos de voz) para ouvir notícias de mais de 30 veículos de mídia, como as rádios CBN, Jovem Pan, Rádio Globo, além do jornal carioca O Globo e a revista Veja.

O assistente do Google também ganha outras funções nos próximos meses. Entre elas, o acesso ao streaming do Globoplay, a possibilidade de se reservar uma mesa na plataforma Restaurando, além de pedir e pagar delivery pelo iFood, uma corrida pela 99 e adquirir bilhetes de cinema no Ingresso.com.

Outro destaque que o Google apresentou é a inclusão da plataforma Aura da Telefônica. A partir desta parceria, os assinantes da operadora poderão pedir a fatura, confirmar saldos e o atual status de seus planos de dados com o comando de voz.

“O Google está investindo no Brasil, oferecendo oportunidades e construindo produtos e serviços para uma Internet mais inclusiva. Uma plataforma que vai servir como instrumento de melhoria econômica” disse Fabio Coelho, presidente do Google Brasil, ao lembrar que o País está entre os cinco principais mercados da companhia no mundo.

Buscas

Outra novidade do Google para o Brasil está relacionada às buscas via dispositivos móveis, um segmento que obteve um aumento de 25% nos últimos 12 meses no País, segundo Bertier Ribeiro-Neto, diretor de engenharia do Google na América Latina e responsável pela equipe que trabalha com soluções do motor de busca em Belo Horizonte, Minas Gerais. Com foco na Copa do Mundo e nas eleições, a divisão de Ribeiro-Neto apresentou soluções para auxiliar os consumidores nas buscas.

Para a Copa, as buscas sobre times de futebol que disputam o torneio terão mais informações, como placar, escalação, fotos, comentários das jogadas, além de vídeos da Fifa com resumo ao término da partida. Outra novidade é que os usuários mobile poderão ver outros placares na tela principal do app. O pacote de soluções relacionadas à disputa esportiva termina com a possibilidade de o internauta fazer perguntas sobre a Copa do Mundo ao Google Assistente.

Por sua vez, a cobertura da eleição brasileira em 2018 passa a ter informações dos candidatos na busca do Google. Feito em parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), um usuário pode digitar o nome de um candidato e achará informações do postulante que estão na Justiça Eleitoral. Para candidatos presidenciais, o Google permitirá que eles coloquem suas prioridades de campanha diretamente no motor de busca, além de suas informações no TSE.

Ainda relacionado ao pleito, o YouTube fará a transmissão do primeiro debate presidencial no dia 9 de agosto em parceria com a Band, podendo ser visto pelo motor de busca. E durante a apuração dos votos no primeiro e segundo turnos, o Google transmitirá os resultados do TSE em tempo real.

Maps

Com mais de 70 milhões de orientações de destino por mês no Brasil, o Maps foi outro aplicativo do Google que recebeu novidades para motoristas e passageiros de ônibus metropolitanos.

A primeira é a adição da funcionalidade para incluir os dias de rodízio de carros de São Paulo no app. Nesta função, o usuário coloca o número final da placa de seu carro no app e, quando for o dia de seu rodízio (quando teoricamente o carro não deve rodar em horários de pico), o Google Maps direciona o motorista para um caminho fora da área proibida.

Para o outro segmento, o Google incluiu informações em tempo real de rotas de ônibus metropolitanos em nove cidades: Campinas Grande, Ponta Grossa, Camboriú, Ribeirão Pires, Mauá, Uberaba, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Campinas, além de linhas da EMTU no estado de São Paulo. Com isso, o Maps passa a fornecer dados em tempo real para 15 cidades brasileiras. As outras regiões eram São Paulo, Londrina, Rio de Janeiro, Campo Grande, Curitiba e Belo Horizonte. Além disso, o Maps avisará o usuário quando deve descer no ponto de ônibus.