Mensageria07/12/2017 às 17h17

Oi lançará RCS no primeiro semestre de 2018

Fernando Paiva

A Oi projeta lançar seu serviço de RCS entre o fim do primeiro trimestre e o começo do segundo trimestre no ano que vem, usando a solução do Google, que é baseada na nuvem e não tem custo algum para a operadora. O Google também fechou acordos com a América Móvil, com a Telefônica e com a AT&T na América Latina para a adoção da mesma solução.

De acordo com o gerente de de produtos e mobilidade da Oi, Gustavo Alvim, a principal motivação para a implementação do RCS é a possibilidade de enriquecer a comunicação com os seus próprios assinantes, tanto no atendimento quanto na oferta de novos planos e serviços. Hoje esses contatos são feitos majoritariamente via SMS ou smart message. Com o RCS o contato acontecerá dentro do aplicativo Android Mensagens (Android) com uma interface similar àquela de aplicativos over the top de comunicação instantânea, como WhatsApp e Facebook Messenger, incluindo a possibilidade de adicionar vídeos, imagens, áudios etc. Essa nova interface, associada a um chatbot, por exemplo, pode melhorar exponencialmente a conversão das campanhas de broadcast das operadoras.

A adoção da plataforma de RCS impactará também os serviços de mensageria A2P (Application to Peer), usado hoje por marcas para se comunicarem com seus clientes via SMS. O modelo de negócios ainda não está definido, nem o preço das mensagens A2P em RCS, que possivelmente serão maiores, pois essa tecnologia agrega mais valor.

Claro e Vivo

A Claro informou que o projeto está começando pela Telcel, no México. E a Vivo enviou comunicado dizendo que está avaliando o lançamento de mensagens RCS para os seus clientes.