Marketing09/06/2015 às 15h57

Facebook distribuirá beacons de graça a comerciantes nos EUA

Da Redação

O uso de beacons em mobile marketing ganhou um aliado de peso: o Facebook. A empresa vai distribuir os aparelhos de graça para estabelecimentos comerciais de pequeno e médio porte nos EUA, como restaurantes, hotéis, delicatessens etc. Não foi revelada a quantidade disponível, mas apenas o critério de seleção: será dada preferência àqueles estabelecimentos que forem mais ativos dentro do Facebook, com página própria constantemente atualizada e com bastante participação dos clientes. Para se candidatar basta preencher um formulário no site do Facebook For Business e torcer para ser escolhido.

Os Facebook Bluetooth Beacons, como foram chamados pela empresa, vão dialogar com um novo serviço da rede social que vem sendo testado há alguns meses, o "Local Tips", ou "dicas locais", em tradução livre. Quando uma pessoa abre o aplicativo do Facebook dentro de um determinado local, recebe dicas sobre ele no alto do seu feed de notícias. Pode ser uma mensagem de boas vindas configurada pelo dono do estabelecimento informando alguma promoção, ou uma recente publicação na página oficial do local. Outras dicas possíveis são: eventos próximos que acontecerão ali, recomendações de amigos sobre o estabelecimento e check-ins de amigos.

Os comerciantes que receberem os beacons precisarão apenas tirá-los da embalagem e grudarem-nos na parede, de preferência em um ponto central do seu estabelecimento. A partir daí, o beacon identificará sempre que entrar alguém na loja com o Bluetooth ligado, o app do Facebook instalado e a opção de serviços de localização ativada. A configuração da mensagem de boas-vindas poderá ser feita através da web pelos comerciantes.

O beacon do Facebook não coleta qualquer informação pessoal dos clientes ou de seus telefones, e nem altera a localização definida pelo usuário no Facebook, afirma a empresa em seu blog oficial. Inicialmente os beacons funcionam apenas com iPhones e iPads, mas em breve haverá uma atualização da versão Android do Facebook para essa finalidade.

Análise

Uma das maiores barreiras encontradas para a disseminação dos beacons é a necessidade de ter um app do local em questão instalado no smartphone do visitante. Sem isso, não há comunicação. Mesmo grandes redes varejistas enfrentam essa dificuldade. A iniciativa do Facebook é uma resposta perfeita para esse gargalo, afinal, todo mundo, ou quase todo mundo, tem o app instalado em seu smartphone. De acordo com a mais recente pesquisa MOBILE TIME/OPINION BOX sobre uso de apps no Brasil, 72,3% dos internautas brasileiros com smartphone têm o Facebook instalado em sua home screen, por exemplo.

A iniciativa do Facebook servirá de porta de entrada para que restaurantes, hotéis, padarias ou quaisquer outros estabelecimentos comerciais conheçam a tecnologia de microlocalização via Bluetooth Low Energy (BLE). Dificilmente vai canibalizar a venda desse tipo de soluções por empresas especializadas em mobile marketing, até porque esse negócio mal começou. Ao contrário: vai potencializá-lo. É possível que muitos dos comerciantes que comecem experimentando beacons via Facebook depois queiram avançar para uma solução mais personalizada e avançada. Porém, terão que convencer seus clientes a instalarem seu app...