Segurança09/10/2017 às 16h33

Golpe no WhatsApp com contas inativas do FGTS impacta mais de 135 mil pessoas

Da Redação

Um novo golpe sobre a liberação de contas inativas do FGTS, envolvendo a Caixa Econômica Federal e o WhatsApp, já obteve mais de 135 mil cliques (acessos) de usuários. A partir de uma notícia falsa, informando que a vítima teria o direito de sacar R$ 1.760, as pessoas eram levadas a perfis falsos no Facebook por meio de uma página de phishing.
A fraude foi descoberta pela equipe da Eset. Em sua engenharia social, a ação pede para a pessoa clicar em um link que recebeu por WhatsApp. Ela é direcionada para um site falso para digitar suas informações pessoais. Após fazer o cadastro, a vítima é informada que o saque será liberado após encaminhar a mensagem para cinco amigos no aplicativo de mensageria, algo que aumenta o alcance da ação criminosa.

Vale lembrar, esta não é o primeiro caso de fraude envolvendo o banco estatal e o WhatsApp. Na semana passada, a PSafe informou que 320 mil pessoas foram impactadas por golpe sobre o 14º salário via app de mensageria, contudo o seu aplicativo de proteção DFNDR bloqueou as tentativas de fraude.