CES 201810/01/2018 às 18h56

CES 2018 destaca IA, AR, VT, IoT e outras tecnologias inovadoras

Henrique Medeiros

A edição 2018 da CES, uma das principais feiras de tecnologia do mundo, está em sua reta final. Tradicionalmente, o evento começa a ‘esfriar’ em seu terceiro dia (o segundo dia oficial). Este é um ótimo momento para avaliar quais as tecnologias de destaque das empresas que devem chegar aos consumidores nos próximos meses ou anos.

Dessa vez, as companhias apostaram muito em inteligência artificial (IA), realidade aumentada (AR), realidade virtual (VR), Internet das Coisas (IoT), meios de pagamento e assistentes digitais. Outro ponto de relevância crescente nos últimos anos são os carros autônomos e carros conectados. Wearables e smartphones também aparecem, mas com menos destaque em comparação às últimas CES. E, como acontece todo ano, temos os dispositivos “diferentes”. Confira:

Veículos

O chão da CES está cada vez mais dominado pelos automotores. A Ford apresentou sua visão para o futuro da mobilidade e dos automóveis, com as ruas se tornando espaço de vivência por meio da tecnologia. Além disso, a montadora norte-americana apresentou uma parceria para trazer a comunidade do Waze e seu app para carros com o sistema de comunicação SYNC 3, e outro acordo com a Qualcomm para desenvolver a tecnologia C-V2X. Essa solução permitirá a comunicação entre um veículo Ford e demais carros e infraestrutura das ruas (sinais de trânsito e dispositivos de pedestres). O C-V2X funcionará via smartphone e um sistema de comunicação na nuvem.

Por sua vez, a Toyota trouxe um novo conceito de transporte. É o e-Palette, um veículo totalmente autônomo criado para atender diversos setores (logística, transporte compartilhado e e-commerce nas ruas). Outro destaque da montadora japonesa é a apresentação de seu programa de IA, o Toyota Concept-i, e a atualização de seu sistema de direção autônoma, o Platform 3.0, um conceito apresentado em um modelo do carro Lexus LS.

Do lado das empresas de tecnologia, a Intel anunciou que fará mapeamento das ruas em alta definição com uma frota de carros da BMW, Nissan, Volkswagen neste ano em locais como Nova Iorque, Londres, Düsseldorf, além da Espanha, por meio de seu sistema de direção autônoma da Mobileye.

A Garmin apresentou um novo sistema de infoentretenimento para carros que terá previsão de tempo da AccuWeather e funcionará com o Amazon Alexa. Já a Here firmou parcerias para a criação de novos serviços em carros autônomos com SK Telecom e Vodafone, e divulgou um novo marco de 555,555 milhões de quilômetros em seu mapa em alta definição, o HD Live Map.

Inteligência Artificial

Em inteligência artificial, entre diversas novas skills para o Amazon Alexa, a Toshiba apresentou uma alternativa à rival norte-americana. É o dispositivo de assistência por voz para casa Symbio. O equipamento possui câmera de segurança, detector sonoro, alto-falante inteligente, hub para controle de equipamentos conectados em uma casa, e intercomunicador para conversar com outros smartphones ou devices. Vale frisar que ele possui a tecnologia do Amazon Alexa de comando de voz. Outra empresa que apresentou um dispositivo inovador foi a Lenovo. A companhia chinesa trouxe o Smart Display, uma ‘tela inteligente’ que funciona com o Google Assistente e seus comandos de voz. Por sua vez, a MediaTek trouxe detalhes de sua plataforma de inteligência artificial, a NeuroPilot, que poderá ser utilizada para aprendizado de máquina, eficiência de energia, suporte a plataformas comerciais para dispositivos do gênero, como Amazon Echo, Android O DTV, Belkin Wemo Smart Plug e MediaTek Whole Home Coverage Router (MT7622 + MT7615x(n)).

Internet das Coisas

Um dos temas que esteve em voga nos últimos anos, a Internet das Coisas começou a perder um pouco de fôlego na CES 2018. A Samsung trouxe uma Smart TV e um refrigerador com a mesma assistente por voz dos smartphones Galaxy S8 e Galaxy Note 8, a Bixby. Além disso, a TV, o refrigerador e uma máquina de lavar podem ser integrados ao ecossistema de IoT SmartThings da Samsung.

A LG, por sua vez, apresentou todo um portfólio de eletrodomésticos conectados, como refrigerador, máquina de lavar, fogão e forno micro-ondas, o ThinQ.

Partindo para o lado das plataformas, a ZTE firmou parceria com a Qualcomm e a Wearsafe para criar a próxima geração de equipamentos de proteção pessoal para dispositivos vestíveis. Outro acordo que surge é entre Asus, D-Link e MediaTek para oferecer a próximo geração de equipamentos de conectividade wireless, os devices com tecnologia Gigabit Wi-Fi.

Pagamentos móveis

Pouco explorado em edições anteriores da CES, os meios de pagamentos ganharam destaque na feira por meio das líderes de mercado Visa e Mastercard. A Mastercard fechou uma parceria com a Here para criar soluções de mapeamento e pagamento que possibilitem a compra de produtos e serviços direto do painel do carro. O sistema será com base nas APIs das duas empresas e padrões globais. Por outro lado, a Visa apresentou com a Dynamics a primeira carteira virtual, a Dynamics Wallet Card. Similar a um cartão de plástico, a Wallet possui um chip EMV e um chip SIM. Ela tem a possibilidade de ter múltiplos cartões em um (cartão de crédito, pré-pago, multimoeda, viagem, relacionamento etc.), segurança do cartão instantânea e integrada, tokenização, notificações e alertas de compras em tempo real, e recarga automática.

Smartphones

Sem o mesmo glamour dos últimos anos na feira, os handsets perderam um pouco de força na feira norte-americana. O destaque no quesito foi para a chinesa Vivo, que apresentou uma solução de leitor de impressão digital na tela. Até então, os leitores biométricos dos smartphones ficam localizados na parte lateral, traseira ou junto ao botão home. Já a Motorola trouxe dois novos mods para a família de smartphones modulares Moto Z, o Vital Moto, que mede cinco sinais vitais (batimento cardíaco, respiração, pulso, temperatura, pressão arterial sistólica e diastólica) direto no dedo do usuário, e o teclado deslizante Livermorium Slider.

Um pouco sumida do cenário brasileiro, a Sony apresentou smartphones com dupla câmera de selfie de 16 MP, o Xperia XA2 e o Xperia XA2 Ultra que devem chegar ao mercado global no final de janeiro.

A Alcatel revelou seu portfólio 2018 com os smartphones da Série 1, 3 e 5 com tela infinita. Mais detalhes devem ser apresentados no próximo mês no Mobile World Congress, em Barcelona. Por fim, a Huawei confirmou que o seu carro-chefe de 6 polegadas, o Huawei Mate 10, será lançado nos EUA no próximo mês.

AR, VR e óculos inteligente