Varejo10/01/2018 às 20h07

Zôdio

Henrique Medeiros

Recém-chegada ao Brasil, a loja francesa Zôdio (Android, iOS) apresenta um conceito de compras diferenciado para seus consumidores que envolve engajamento e empreendedorismo. Por meio de seu app – que é na verdade uma mídia social –, a rede varejista de bricolagem incentiva seus clientes a interagirem com outros frequentadores que assim, ganham descontos na compra de produtos no estabelecimento. Ou seja, curtidas, troca de comentários e postagens de uma foto podem gerar reduções para compra de utensílios para casa, como pratos, copos e toalhas.

Em conversa com um dos vendedores no último final de semana, a pessoa explicou que os funcionários também são induzidos a usar a rede social, uma vez que todos são contratados por terem uma veia empreendedora. Neste caso, os colaboradores da Zôdio trabalham meio período na loja, e a outra metade do tempo tem seus próprios negócios, como culinária e artesanato, que crescem com o app. Por exemplo, uma vendedora que também faz bolos usa o app para apresentar seus pratos e, com isso, aumentar as vendas de seu negócio fora da rede varejista.

O aplicativo em si é simples e fácil de usar. Está todo em português e todas as funções e botões são bem intuitivos. Adicionaria ao app duas coisas: personalização do perfil (app todo rosa fica irritante em certos momentos) e uma integração para convidar amigos do Facebook, o conhecido formato do "member get member", uma vez que a pessoa pode usar seu perfil da mídia social norte-americana para se cadastrar no app da varejista francesa.

Atualmente, a Zôdio possui apenas uma unidade na Marginal Tietê, Zona Oeste de São Paulo. E tem Wi-Fi livre e purificadores de água espalhados pela loja. No entanto, a empresa pretende abrir mais cinco lojas nos próximos quatro anos, como revelara seu diretor Gauthier Lenglart à Pequenas Empresas e Grandes Negócios. Vale lembrar, a Zôdio faz parte do grupo Adeo, dona da Leroy Merlin.

Sistema operacional: Android e iOS

Preço: Gratuito