Mensageria10/07/2018 às 15h38

WhatsApp passa a identificar mensagens encaminhadas

Da Redação

A partir de agora, as mensagens encaminhadas dentro do WhatsApp passam a ser identificadas como tal pelo aplicativo de mensageria. Ou seja, se alguém encaminha uma mensagem, esta vem acompanhada de um selo escrito "encaminhada". Assim, o recebedor sabe que o remetente não é o autor daquela mensagem, tendo apenas passado-a adiante. A novidade está presente em uma atualização do WhatsApp disponibilizada para o mundo inteiro a partir da tarde desta terça-feira, 10.

Análise

A identificação de mensagens encaminhadas é um instrumento importante para se evitar a propagação de notícias falsas. Ao menos em tese, as pessoas ficarão inibidas ou pensarão duas vezes antes de reencaminharem mensagens cuja autoria desconhecem.

Este é um ano de eleições no Brasil. É inevitável que o WhatsApp seja utilizado nas campanhas, tanto de forma construtiva, quanto de forma antiética, com a propagação de boatos e notícias falsas.

Vale lembrar que o WhatsApp é o aplicativo de mensagens mais popular do Brasil. De acordo com dados da mais recente pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre mensageria móvel, o WhatsApp está instalado em 96% dos smartphones brasileiros. E 98% dos seus usuários acessam o app todo dia ou quase todo dia. É também o aplicativo mais comumente encontrado na homescreen dos smartphones nacionais: está presente na tela inicial de 65% dos aparelhos.

A iniciativa do WhatsApp é positiva, sem dúvida. Mas o melhor seria adotar blockchain na distribuição de conteúdo digital, o que tornaria possível conhecer toda a trajetória de uma mensagem, desde a sua origem.