Crise da Oi10/08/2017 às 19h46

Kassab diz que governo pode intervir na Oi se a empresa não encontrar investidor

Lucia Berbert, do Teletime

"A situação da Oi é muito preocupante, mas não chegou o momento de intervir", disse o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, ao comentar, nesta quinta-feira, 10, o resultado trimestral da concessionária. Para ele, a empresa precisa encontrar um parceiro que possa pagar suas dívidas e fazer os investimentos que é obrigada contratualmente a realizar.

"Se ela não encontrar esse parceiro não vai resolver os seus problemas. Sem isso, ela vai efetivamente fazer com que o governo faça uma intervenção, que nós não queremos", disse Kassab.  Ele afirmou que o governo está preparado para realizar a intervenção, inclusive com a edição dos mecanismos legais para fazê-lo.

"A Oi não vai chegar à falência. É evidente que se não conseguir um parceiro nós vamos intervir porque o serviço que ela presta não pode parar", disse o ministro. Mas, segundo ele, esse momento ainda não chegou. "Nós temos dado todo o apoio à prestadora dentro dos limites éticos", completou.