4G11/09/2017 às 18h18

Base de linhas 4G na América Latina dobra em um ano

Da Redação

A quantidade de linhas móveis 4G na América Latina aumentou 95% entre junho de 2016 e junho deste ano, passando de 81,5 milhões para 159 milhões, informa a 5G Americas. Sua participação sobre a base total da região saltou de 12% para 23% nesse intervalo. A expectativa é de que no fim de 2017 haja praticamente 200 milhões de linhas 4G em funcionamento na América Latina, representando 28% da base na região.

No mundo, houve um acréscimo líquido de 878 milhões de linhas móveis 4G no referido período, o que representa um crescimento de 59%. Agora, são 2,37 bilhões de acessos LTE, a maioria concentrados na Ásia. Esse volume representa 30,3% da base mundial de conexões móveis. Ou seja, a América Latina ainda está um pouco abaixo da média mundial em termos de proporção da base 4G.

A expectativa é de que em 2021 haja 4,8 bilhões de acessos 4G no mundo, representando 53% do total de linhas móveis. Até lá, a América Latina vai superar a média mundial, chegando a 458 milhões de acessos 4G, ou 59% da sua base em 2021.