Estratégia12/03/2018 às 17h37

Apple compra app de assinatura de revistas Texture

Da Redação

O vice-presidente sênior de serviços de software e Internet da Apple, Eddy Cue, confirmou que a Apple comprou o aplicativo Texture (Android, iOS), um serviço de assinatura de diversas revistas. Em entrevista ao site Hollywood Reporter nesta segunda-feira, 12, Cue disse que o app tornou-se popular entre os usuários do iPad e, agora, a companhia pretende adicionar sua solução ao Apple News.

Em sua apresentação no festival SXSW nos Estados Unidos, Cue ressaltou o potencial do Apple News para os conteudistas. Para a plateia do evento, o executivo disse que, para alguns produtores de conteúdo que estão no Apple News, a plataforma responde por 60% a 70% das visualizações de seus artigos na web.

Para o executivo, o principal motivo para a Apple comprar o Texture é a curadoria, uma vez que pretende entregar os melhores artigos e que sejam de fontes confiáveis, fazendo uma clara crítica às redes sociais. Por outro lado, ele não esclareceu os valores da transação, se a Texture continuará independente, se o app ficará exclusivo para dispositivos iOS e, consequentemente, se a plataforma de assinatura de revistas sairá do Android.

O app Texture tem um modelo de negócios similar à Netflix. Por US$ 9,99, uma pessoa tem acesso a mais de 200 revistas digitais via app, como People, Time, GQ, Glamour, The New Yorker, Bon Appetit, Newsweek, ESPN, National Geographic, InStyle, Allrecipes, Shape e Men's Health.

O vice-presidente da Apple ressaltou que o conteúdo é a aposta da vez de sua empresa. Questionado durante a apresentação no SXSW se a Apple compraria a Disney ou a Netflix para entrar de vez no segmento de conteúdo, Cue não confirmou, nem negou o interesse. No entanto, ele ressaltou que, em sua história, a companhia fundada por Steve Jobs e Steve Wozniak nunca fez grandes aquisições.