Internet das coisas12/04/2018 às 14h40

Qualcomm lança dois chips robustos para IoT

Da Redação

A Qualcomm lançou nesta quinta-feira, 12, uma linha de chipsets para Internet das Coisas (IoT), a Qualcomm Vision Intelligence Platform. O portfólio consiste de dois system-on-chips (SOCs) de 10 nanômetros: QCS605 e QCS603. Os dois chips possuem processamento de software avançado da câmera (ISP), processador de segurança, sistema de áudio, Wi-Fi, Bluetooth, processador de sinal digital (DSP), além das unidades de processamento gráfico (GPU), neural (NPU) e computacional (CPU).

Com tecnologia ARM, os SoCs de IoT da Qualcomm possuem ainda kits para desenvolvedores (SDKs) com tecnologias de aprendizado de máquina (na tradução do inglês ‘machine learning’), software avançado de processamento de câmera e visão computacional. Desse modo, é possível utilizar os chips em câmeras, robôs, dispositivos vestíveis e produtos para a categoria smart homes.

Uso

Com o QCS605 e QCS603, os profissionais podem usar ferramentas de trabalho de machine learning e processamento neural para criar aplicações, como: Tensorflow, Caffe and Caffe2 frameworks, Open Neural Network, Android Neural Network API e a Qualcomm Neural Network.

Em inteligência artificial, a Qualcomm ressalta que existe um ecossistema de soluções de terceiros para ajudar a criar aplicações baseadas no IA, como a aplicação Sense Time (reconhecimento de face e objetos), Pilot.ai (detecção, classificação e rastreio de objetos) e MM (ajuste de qualidade de imagem).

Além disso, os chipsets possuem capacidade de reprodução de vídeo até 5.7 K (acima do 4K) com 30 quadros por segundo (FPS) e suportam as APIs de vídeo OpenGL, OpenCL e Vulkan. A ideia é que essas soluções possam ser usadas em reconhecimento de sistemas em carros autônomos e câmeras VR em 360 graus, por exemplo.

Disponibilidade

Os dois chips estão disponíveis para testes a partir desta quinta-feira para desenvolvedores e empresas. A Qualcomm e a Altek também disponibilizaram hoje modelos de referência para câmeras VR 360 baseados no QCS605; a Ricoh Theta e a Kedacom devem ser as primeiras firmas a utilizarem o design. Por sua vez, o modelo de referência com chip QCS603 para câmeras de segurança feito pela Qualcomm e Altek deve sair no segundo semestre de 2018.