Mensageria12/07/2016 às 16h39

Brasil movimentará 6,6 bilhões de SMS A2P em 2017, diz pesquisa

Da Redação

Pesquisa da Accenture encomendada pela Telefónica sobre o mercado corporativo de SMS mostra que o volume de mensagens de texto enviadas por empresas para consumidores finais (A2P) será de 6,6 bilhões em 2017 no Brasil. Desse total, 36% serão enviadas por bancos, segmento que lidera o uso de SMS para comunicação no País. Em segundo lugar virão aplicações over the top (OTT), especialmente para autenticação de número de celular do usuário, que responderão por 15%. Em seguida virão transporte e logística (8%); saúde e educação (7%); administração pública (7%); varejo (5%); serviços residenciais (4%); hospitalidade e turismo (4%); e outros (15%).

Para efeito comparativo, dentre os cinco países pesquisados, a Inglaterra terá o maior volume de SMS A2P em 2017(19,3 bilhões) e o Brasil ficará em segundo lugar. Alemanha (5,5 bilhões), Argentina (2,5 bilhões) e Espanha (2,2 bilhões) completam a lista. A Telefónica prevê que bancos, varejo e companhias OTT responderão por mais de 60% do tráfego mundial de SMS no período.

SMS enviados por empresas

Os dados sobre o mercado brasileiro corroboram a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box realizada em janeiro deste ano e que mostra que o SMS já se consolida como ferramenta para empresas. De acordo com o levantamento, quando os entrevistados foram perguntados de quem costumam receber mais mensagens de texto, 57,1% responderam que recebem mais de empresas e 42,9%, de pessoas. O outro lado da moeda é que 98,4% alegam ter recebido propaganda por SMS de um serviço não solicitado, sendo que 54,5% relatam que isso aconteceu menos de 24 horas antes, o que indica uma frequência diária de spam.