Vestíveis13/03/2018 às 18h10

Fitbit lança novo relógio inteligente

Isabel Butcher

A Fitbit anunciou o pré-lançamento, nesta terça-feira, 13, do relógio inteligente Fitbit Versa. O mais novo wearable voltado para o monitoramento do corpo durante as atividades físicas, ou no sono, chega cinco meses depois do lançamento do Ionic. O pedido já pode ser feito, mas o envio acontece a partir de abril.

Este é o terceiro modelo e a terceira tentativa da empresa para engrenar as vendas de um smartwatch seu, mas, até então, as vendas foram bem fracas, segundo sites internacionais como The Verge e CNET.

O Versa possui um design ligeiramente arredondado, enquanto o Ionic possui um estilo mais retangular e careta. Seu preço também é diferente: U$ 199,95 contra U$ 299,95 do Ionic. A nova versão do vestível é destinada a usuários comuns e que não estejam procurando por uma infinidade de aplicativos ou recursos especiais. Ele também substituirá o Fitbit Blaze, o relógio modular sem GPS, lançado há dois anos. Ao contrário do Ionic, o Versa não inclui um GPS integrado, e possui uma autonomia de bateria de quatro dias em vez de cinco. É possível encontrar o vestível nas cores preto, cinza claro e rosa, tornando as semelhanças com o Apple Watch bastante nítidas.

Recursos

Boa parte dos recursos do Ionic está no Versa, como o monitor de frequência cardíaca , além de ser à prova d’água para natação. Ele vem com o Fitbit Coach pré-carregado, que oferece um punhado de rotinas de exercícios guiados e que permite o monitoramento de tempo enquanto o usuário treina (existe uma versão completa do Fitbit Coach, com mais programas incluídos que sai a US $ 39,99 por ano). É possível, também, armazenar cerca de 300 músicas ou transmitir músicas da Pandora ou do Deezer.

O novo Versa possui o mesmo conjunto de sensores relativo do SpO2 que o Fitbit Ionic – um padrão físico diferente de sensores, mas eles são os mesmos que devem ajudar o Fitbit em sua busca para potencialmente controlar a apneia durante o sono.

Para o verão no Hemisfério Norte, a empresa pretende disponibilizar um modo de rastreamento de saúde voltado para o público feminino que permitirá às usuárias acompanharem seus períodos de menstruação e sintomas de modo a identificar padrões. É o primeiro do tipo para a Fitbit, mas não muito diferente do Apple's Health.

Embora o Fitbit Versa seja compatível com smartphones Android, iOS  Windows Phone, no lançamento, haverá algumas experiências fragmentadas com o smartwatch, dependendo do sistema operacional do celular do usuário ou onde ele mora. Por exemplo, o Versa anuncia suporte para pagamentos NFC, mas quem mora nos EUA precisará comprar uma edição especial do dispositivo por U$ 229. E somente pessoas com dispositivos Android aproveitarão inicialmente o recurso Quick Reply do Versa que o Google testou com várias plataformas de mensagens.

Crianças fit

Dessa vez, a empresa norte-americana traz também o Fitbit Ace, voltado para crianças a partir de 8 anos. Trata-se de uma versão remodelada do Fitbit Alta, um rastreador pequeno e com tela estreita lançado há alguns anos atrás. O Ace virá com pulseiras azuis ou roxas e terá metas e desafios diários para pequenos e pequenas, além de ser ajustado para diferentes atividades diárias e metas de sono. Mas ele não é resistente à água e não acompanha frequência cardíaca.