Handsets13/07/2017 às 15h59

Fabricante de smartphones de luxo vai declarar falência na Inglaterra

Da Redação

A Vertu, fabricante de smartphones de luxo, está passando por problemas financeiros e deve declarar falência em breve. De acordo com o jornal inglês The Daily Telegraph, o processo de recuperação da companhia, que vende seus handsets como peças de grife, não deu certo. A empresa será liquidada e seus 200 funcionários, demitidos.

Na ação de recuperação judicial, a Alta Corte de Londres não concordou com o plano de recuperação da companhia – em especial, o fato do dono Murat Hakan Uzan querer reduzir uma dívida de 128 milhões de libras (aproximadamente US$ 165 milhões no câmbio atual) para apenas 1,9 milhão de libras. Mesmo com a falência, Uzan manterá direito sobre as patentes, marcas e tecnologia da fabricante.

Os smartphones da Vertu custam entre 10 mil libras esterlinas e 280 mil libras esterlinas. Além do sistema Android, eles portam joias de luxo como ouro 18 quilates e chegaram a utilizar cristal safira em suas telas. Mais recentemente a Vertu criou um handset para a marca de carros de luxo Bentley. 

A Vertu nasceu como uma marca da Nokia, em 2008. Quatro anos mais tarde foi vendida para a chinesa Godin, que trocou o sistema operacional Nokia Symbian pelo Android. O executivo turco exilado em Paris comprou a marca dos chineses em março deste ano. A companhia chegou a ter 80 lojas próprias e presença em outras 500 espalhadas por 60 países.