Comportamento13/11/2017 às 18h56

Maioria dos usuários brasileiros aceitam uso de dados patrocinados

Henrique Medeiros

92% dos usuários brasileiros de dispositivos móveis aceitariam consumir um produto ou serviço de uma marca se não forem gastar seu pacote de dados e se forem recompensado por isso. Essa foi uma das descobertas sobre o uso de dados patrocinados no Brasil da pesquisa MMA Mobile Report 2017, feita pela Mobile Marketing Association com a Kantar entre 14 e 21 de agosto.

A análise que ouviu 800 entrevistados revela ainda que 89% aceitariam assistir a algum vídeo ou interagir com uma marca em troca de pacote de dados. E, no Brasil, 22% dos consumidores disseram que já participaram de uma campanha de dados patrocinados. Entre aqueles que usaram os dados patrocinados, 29% disseram que o acesso sem consumo de suas franquias de internet foi excelente; 50% falaram que foi bom; 16%, nem bom e nem ruim; 4%, ruim; e 1% afirmaram que foi péssimo.

“Oferecer algo em troca está se tornando forte. O nível de satisfação dos participantes é de 80%”, disse Maura Coracini, head de digital e mídia na Kantar e responsável pela análise. “Num mundo em que consumidores pulam anúncios e instalam adblockers, é muito mais rentável para a marca dar a opção do recompensa do que forçar o consumidor a assistir ao vídeo”.

Coracini exemplifica sua análise com o caso do Mercado Livre, que liberou o uso dos dados patrocinados durante a Black Friday de 2016 para atrair mais usuários ao app e aumentar seu volume de transações.