Governo móvel14/06/2017 às 18h29

FGTS

Henrique Medeiros

Estamos chegando aos últimos dois meses para os brasileiros recuperarem dinheiro de suas contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Para saber quanto há em sua conta inativa, a Caixa disponibilizou o app FGTS (Android, iOS e Windows Phone) com intuito de verificar diretamente na tela do celular. O aplicativo é bem básico, mas vendo as análises nas lojas de aplicativos, é comum os usuários se confundirem para acessar o app.

O primeiro fato e mais relevante é que o aceso está vinculado à sua data de seu aniversário, tal como a disponibilidade para a retirada do fundo. Por exemplo: os trabalhadores que nasceram em setembro, outubro ou novembro já podem acessar o app desde o dia 10 de junho. Aqueles que nasceram em dezembro só podem fazer o acesso a partir do dia 14 de julho.

Caso já esteja com o acesso liberado, o usuário deve clicar em “Meu Primeiro Acesso”, ler o contrato e apertar o botão “Aceitar”. Em seguida, deve informar o número de seu PIS (aqui aparece como “NIS”) que está em sua carteira de trabalho, Cartão do Cidadão ou com o empregador, preencher o cadastro e criar uma senha.

Após a criação de senha, pode ver o extrato de suas contas inativas, atualizar o seu endereço no FGTS, visualizar postos de atendimentos mais próximos por geolocalização e acessar o site da Caixa para pedir ajuda.

O app é leve, tem poucas funções, mas serve para o seu propósito. Só não permite fazer um DOC ou TED para conta bancária de outro banco. É preciso ir para uma agência da Caixa, encarar a fila com os documentos necessários (RG, carteira de trabalho e Cartão do Cidadão) para retirar o dinheiro – isso para valores acima de R$ 3 mil. No caso de quantias menores, o saque pode ser feito diretamente com o cartão em agências lotéricas ou no caixa eletrônico do banco.

 

Sistema operacional: Android, iOS e Windows Phone

Preço: Gratuito