Saúde15/05/2018 às 14h40

InYou: plataforma cria programa personalizado de saúde por AI e análise de DNA

Isabel Butcher

Foi pensando nas pessoas que estão à procura de uma melhor qualidade de vida que a Advanced Digital Health (ADH) desenvolveu a plataforma InYou (Android, iOS), ferramenta que engloba profissionais de saúde, inteligência artificial e decodificação do material genético para elaboração de um programa de 21 semanas. Nesse período, cerca de 5 meses e meio, o usuário passará por uma jornada para a mudança de 21 hábitos e, com isso, alcançar o bem-estar.

Daniel Lindenberg, CEO da ADH, explica que a dinâmica é trabalhar com um hábito por semana. Eles podem estar associados a questões como nutrição, atividade física ou consciência plena (em inglês, mindfulness). “Temos uma abordagem holística. Estamos preocupados com aquilo que você faz, aquilo que você come e aquilo que você pensa”, resume os três pilares da plataforma.

A jornada começa a partir de duas informações fundamentais dos usuários: a coleta do material genético e a anamnese digital. Com base nessas duas vertentes, é gerado um programa formulado, primeiramente, pela inteligência artificial da plataforma. Em seguida, um profissional de saúde revisa e, se necessário, faz algumas alterações  no programa de 21 semanas.

“O profissional de saúde se certificará de que a recomendação feita é a melhor baseada nas informações que temos. A gente também disponibiliza a possibilidade de o usuário entrar em contato com este profissional que fez a revisão do seu programa. Ou seja, se o indivíduo quiser um esclarecimento maior, ele terá acesso ao profissional”, explica o CEO.

A genética

Para a parte genética, o usuário recebe, em casa, um kit para a coleta de material da mucosa bucal. A InYou recolhe o kit e manda para o laboratório norte-americano Pathway Genomics. Lá, eles fazem um painel de sequenciamento genético de cerca de 200 genes.

Essas informações são cruzadas com estudos científicos elaborados pelo próprio laboratório norte-americano e o resultado dessa fusão é um relatório de aproximadamente 50 páginas. Nele, há detalhes dos genes e as pré-disposições do usuário.

Anamnese digital

As informações genéticas são associadas à anamnese digital. Em 103 perguntas a rotina do usuário é destrinchada.

A curadoria da plataforma é assinada pelo médico Fábio dos Santos, profissional da medicina do estilo de vida. Cardiologista de formação e especialista em nutrologia, o médico elaborou as perguntas tendo como base materiais certificados por instituições internacionais. As perguntas seguem padrões reconhecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A combinação das duas fontes de informação – genética e hábitos – geram os insumos necessários para a geração do programa de transformação dos hábitos de vida da pessoa.

Exemplo

Para se ter uma ideia do funcionamento da plataforma, Lindenberg exemplificou da seguinte maneira: “tenho um marcador genético que mostra que você tem intolerância genética à cafeína. Assim, o hábito de tomar café será trabalhado na plataforma e o objetivo será fazer você reduzir a ingestão da cafeína, já que ela está associada a um pico de ansiedade.”

“Em outro exemplo, dessa vez relacionado à anamnese, constatamos que você dorme cinco horas por noite. No programa, podemos trabalhar o hábito de dormir pelo menos sete horas e, numa outra semana, posso trabalhar em você a redução de ingestão de cafeina. São informações que vieram de lugares diferentes, mas que ajudam a compor o programa.”

Motivação

Para estimular seus clientes a chegarem ao fim da jornada, a plataforma pretende motivar seus usuários e, com isso, engajá-los do início ao fim do processo por meio de três conteúdos distintos: desafios, que podem ser diários, semanais e mensais; conquistas; e recompensas.

No entanto, caso o usuário deixe de seguir os passos da plataforma, ele será contatado para que a InYou entenda os motivos desse desligamento momentâneo. Caso seja preciso, um profissional de saúde entrará em contato com o usuário. “Nesse momento, aproveitamos, também, para melhorar a plataforma e fazer ajustes no programa”, explica Lindenberg.

Modelo de negócios e público-alvo

Por ser uma startup de capital aberto, a ADH não pode relevar detalhes de seu modelo de negócios. No entanto, para o usuário final, o custo das 21 semanas da jornada de transformação é de R$ 2.200.  A empresa também pretende disponibilizar a plataforma para empresas. No caso, o RH entraria em contato com a equipe da InYou e, de acordo com o número de colaboradores envolvidos, é cobrado um valor.

No momento, a plataforma está disponível para a cidade de São Paulo. Por ser um tíquete alto, o foco da empresa são homens e mulheres das classes A e B, acima de 35 anos e preocupados em melhorar sua qualidade de vida.