TVM 201815/05/2018 às 09h39

Vivo levará Aura para outros canais, além dos seus apps

Fernando Paiva

A Aura, plataforma de inteligência artificial da Telefônica Vivo, não ficará restrita aos aplicativos da operadora de telecomunicações. A ideia é levá-la para canais externos, como Facebook Messenger e Google Assistente. Uma primeira expansão para um novo canal deve acontecer ainda este ano.

"A Aura não é uma atendente, mas o centro de inteligência artificial da Vivo. Vai estar ligada a canais externos porque entendemos que a vida digital é mais abrangente que o nosso app. Queremos que as pessoas acessem a Vivo de qualquer canal de interação", disse Luiz Medici, diretor de big data e BI da Telefônica Vivo, durante apresentação no Tela Viva Móvel, na última segunda-feira, 14, em São Paulo.

Inteligência artificial

A Vivo vem investindo continuamente em big data e inteligência artificial há alguns anos, incluindo a contratação de diversos cientistas de dados. Essas tecnologias estão sendo aplicadas para objetivos diversos, como melhorar o investimento em mídia; aperfeiçoar a política de crédito; otimizar o investimento em rede; garantia de receita etc. Segundo Medici, logo com o primeiro caso de uso, em 2015, o retorno obtido pagou todo o custo do projeto até então. Entre 2015 e 2017, o retorno gerado pelos projetos de big data e inteligência artificial aumentou 70 vezes, relatou o executivo. Ao mesmo tempo, aumentou a quantidade de dados armazenados nos servidores da empresa. Em 2013 era 0,1 PB e agora são 20 PB, isso sem contar o que está armazenado na nuvem.