Negócios15/06/2018 às 16h21

AT&T conclui aquisição da Time Warner por US$ 85,4 bilhões

Da Redação

A AT&T anunciou em seu site a conclusão da aquisição da Time Warner pelo valor de US$ 85,4 bilhões (num total de US$ 108 bilhões, quando incluídas as dívidas). Na última quinta-feira, 14, a fusão foi aprovada por um juiz federal da corte dos Estados Unidos, e, em apenas dois dias, as empresas fecharam o negócio. A compra foi anunciada pela primeira vez em outubro de 2016.

“O conteúdo e o talento criativo da Warner Bros., da HBO e da Turner são de primeiro nível. Combine tudo isso com os pontos fortes da AT&T na distribuição direta ao consumidor, e oferecemos aos clientes uma experiência de entretenimento diferenciada, de primeira qualidade e móvel. Vamos trazer uma nova abordagem sobre como a indústria de mídia e entretenimento funciona para os consumidores, criadores de conteúdo, distribuidores e anunciantes”, disse Randall Stephenson, presidente e CEO da AT&T no comunicado.

Stephenson disse ainda que o futuro do entretenimento midiático está convergindo rapidamente em torno de três elementos necessários para transformar como o vídeo é distribuído, pago, consumido e criado.

A empresa disse que espera economizar US$ 2,5 bilhões em sinergias e retornar a um crescimento significativo de receita dentro de quatro anos.

Caminho livre

A decisão judicial desta semana foi uma resposta à administração do governo Trump que tentou bloquear a fusão, alegando que ela poderia prejudicar os consumidores, em especial no preço ofertado. O acordo foi apelidado de caso antitruste da década, e foi a primeira vez que um tribunal adjudicou uma fusão vertical (um termo para quando as empresas que oferecem ofertas diferentes ou complementares se unem) desde que os telefones celulares foram inventados e, assim, mudou a paisagem da mídia e da distribuição.

A aprovação do acordo diante da corte norte-americana abre caminho para que outras fusões entre gigantes da mídia e da comunicação ocorram, como a Comcast, que lançou oferta de US$ 65 bilhões pela Fox, assumindo o interesse pela empresa, que por sua vez já flertou com a Disney, quando ofereceu US$ 52,4 bilhões, em dezembro do ano passado.

AT&T é uma das maiores operadoras de TV a cabo dos Estados Unidos e segunda em telefonia móvel. Já Time Warner é um grupo de mídia que inclui, entre seus produtos, a rede HBO, os estúdios de cinema Warner Bros. e a rede de notícias CNN. Ao unir forças, a AT&T espera fazer frente, à altura, com Netflix e Disney.