5G17/10/2017 às 07h03

Olimpíadas de Inverno servirão de teste para 5G na Coreia do Sul

Fernando Paiva, de Hong Kong*

Tradicionalmente, grandes eventos esportivos são usados para testar novas tecnologias de rede pelas operadoras do país-sede. Foi assim na Copa dos Confederações no Brasil em 2013, com as primeiras redes 4G em operação. E será assim nas Olimpíadas de Inverno de PyeongChang, na Coreia do Sul, em fevereiro de 2018. A operadora sul-coreana KT pretende testar a tecnologia 5G durante o evento. Infraestrutura com esse novo padrão está sendo instalada em 13 locais de eventos que receberão os jogos.

A rede 5G será usada para aplicações diversas relacionadas às Olimpíadas, desde o o monitoramento de dados dos atletas até a transmissão de conteúdo de realidade virtual em 360 graus em tempo real, disse o vice-presidente de estratégia de rede da KT, YongGyoo Lee, durante o 4G/5G Summit, evento realizado pela Qualcomm nesta terça-feira, 17, em Hong Kong.

A Coreia do Sul vem realizando há meses testes com padrões pré-5G em frequências médias (3,5 GHz) e altas (28 GHz). A tendência é usar as frequências baixas em áreas rurais e as altas em zonas urbanas de grande densidade.

O lançamento comercial de redes 5G na Coreia do Sul é esperado para 2019. “Estamos mais perto do que nunca de tornar o 5G uma realidade”, concluiu Lee.