Bots19/07/2017 às 11h31

Next Mind: start-up cria bot que entende mensagens de voz em português

Fernando Paiva

Desde abril do ano passado, estão se proliferando dentro do Facebook Messenger bots de marcas que conversam com os consumidores através de mensagens de texto. A linguagem escrita funciona bem quando o usuário está na frente de um computador. Mas no celular pode ser mais prático enviar as perguntas por áudio, em vez de digitá-las. Por que não construir um bot combinando ferramentas de processamento de linguagem natural e de speech-to-text (STT), que transforma fala em texto? É o que faz a start-up paulista Next Mind, que acaba de lançar um bot próprio no Messenger e no Skype capaz de responder a perguntas enviadas por áudio.

A empresa utiliza a plataforma Luis (Language Understanding Intelligent Service), da Microsoft, para processamento de linguagem natural, combinada com uma ferramenta de STT. Em menos de três segundos, o bot devolve uma mensagem em texto na qual transcreve o que entendeu. E, logo em seguida, manda a sua resposta para a pergunta.

No caso do bot da própria empresa, o objetivo é falar sobre chatbots e inteligência artificial. Em um teste feito por Mobile Time, ele entendeu e respondeu corretamente a perguntas enviadas em áudio como “O que é um chatbot?”; "O que é inteligência artificial?"; e "Quanto custa criar um chatbot?”. Ele também entende perguntas por texto, se o consumidor preferir escrever. Como todo bot com inteligência artificial, ainda está sendo treinado e deve melhorar sua compreensão com o passar do tempo.

Modelo de negócios

A Next Mind está iniciando sua operação agora. A empresa trabalhará tanto com projetos feitos sob demanda quanto com produtos de prateleira, voltados para verticais específicas – algumas que estão em seu radar são clínicas e hospitais; bares e restaurantes; revendedoras de automóveis; e corretoras de seguros. Seu modelo de negócios será o de vender o bot como um serviço, com cobrança de mensalidade. “Esperamos conduzir entre cinco e dez projetos este ano", prevê Luiz Figueira, especialista em desenvolvimento da Next Mind.

Outro diferencial da Next Mind será a disponibilização para os clientes de uma ferramenta de análise da utilização do bot. Com ela será possível acompanhar quais as dúvidas mais frequentes dos consumidores e quais os canais preferidos para atendimento, dentre outras informações que podem servir de insumo para os negóciois.

Bots Experience 3

Está confirmada para o dia 22 de novembro, no WTC, em São Paulo, a realização da terceira edição do seminário Bots Experience Day, organizado por Mobile Time para debater o nascente ecossistema brasileiro de bots, assistentes virtuais e inteligência artificial. As duas edições anteriores contaram com palestras de executivos de empresas como Facebook, Twitter, IBM, Oracle, Vivo e Gol Linhas Aéreas, dentre outras. A programação do novo Bots Experience Day será divulgada em breve, mas quem quiser já pode garantir ingressos antecipados com 30% de desconto através do site do evento (www.botsexperience.com.br) ou por telefone, ligando para 11-3138-4619.