Infraestrutura20/04/2017 às 21h14

Claro, TIM e Vivo começam a utilizar faixa de 700 MHz em Brasília

Bruno do Amaral, do Teletime

Agora com o espectro devidamente limpo após o desligamento do sinal analógico de TV, a Claro, aTIM e a Vivo vão  começar a utilizar a faixa de 700 MHz para o LTE em Brasília. As empresas anunciaram nesta quinta-feira, 20, que irão ativar a nova frequência na capital federal, ampliando a capacidade da rede móvel e possibilitando o uso mais eficiente do espectro. Será a primeira capital/grande centro a contar com a faixa, e também com a tecnologia LTE-Advanced (chamada comercialmente de 4,5G), que consiste na agregação de duas ou mais faixas de frequência de LTE – no caso, 700 MHz e 2,5 GHz.

A TIM diz que oferecerá a partir da sexta-feira, 21, a frequência para ampliar "de forma significativa" a capacidade e a cobertura indoor e outdoor para a 4G na cidade (que celebra aniversário de 57 anos na data). Em comunicado, a empresa ressalta que o 700 MHz é estratégico, especialmente em relação ao alcance da cobertura na faixa de 2,5 GHz.

A TIM destaca também que todos os aparelhos do portfólio da empresa já operam com a nova frequência, pelo menos para LTE (nem todos possuem capacidade para LTE-Advanced). A companhia diz que a nova infraestrutura já a deixa preparada para oferecer voz sobre LTE (VoLTE), que passará por um período de testes e será lançado comercialmente em julho deste ano. Importante lembrar que a operadora também oferece LTE em 1,8 GHz, com o refarming da faixa antes utilizada para 2G. Com todas as bandas, espera chegar a 2 mil cidades até o final do ano em cobertura 4G. O plano industrial do triênio 2017-2019 prevê investimento de R$ 12 bilhões para o País no período.

Por sua vez, a Claro afirma que já opera com a faixa em Brasília, utilizando-a para LTE-Advanced (a qual chama de 4,5G), por meio da licença provisória obtida junto à Anatel. A empresa fará a apresentação oficial à imprensa em evento na próxima semana, dia 25. Antes, a tele também efetuou testes com a tecnologia de agregação de portadoras na cidade de Rio Verde e Anápolis, em Goiás.

A Vivo também aproveitará a disponibilidade da faixa de 700 MHz e utilizará o LTE-Advanced a partir deste final de semana na capital federal. A operadora agregará portadoras dessa faixa com a de 2,5 GHz e afirma que cobrirá "praticamente toda a cidade".

As três operadoras já oferecem a faixa de 700 MHz em Rio Verde (GO), onde foi efetuado o piloto do switch-off da TV analógica. Além dessas, a Algar Telecom opera com a frequência de 700 MHz em LTE nas cidades mineiras de Ituiutaba e Uberlândia.