Logística21/07/2014 às 12h59

Ciclistas de São Paulo recebem solicitações de entregas via app

Fernando Paiva

As empresas paulistanas agora contam com uma alternativa menos poluente que os tradicionais motoboys para serviços de entrega. O VaiMoto, site web e app para iOS que nasceu como um serviço que intermedia a contratação de motofretistas, incluiu em sua base 12 ciclistas. Eles fazem parte do serviço Bikentrega, com o qual a VaiMoto firmou parceria exclusiva.

Por enquanto, como são poucos ciclistas misturados a uma base com mais de 3 mil motofretistas cadastrados, o cliente ainda não pode escolher entre moto ou bicicleta. Ele faz a solicitação normalmente e recebe de volta as propostas de preço dos entregadores interessados. Se houver resposta por parte de um ciclista, isso é discriminado para o cliente que, aí sim, pode optar pela alternativa menos poluente. O serviço de entrega por bicicleta está restrito a percursos de até 15 Km de distância dentro da área de atuação da Bikentrega, que abrange 15 bairros das zonas sul, oeste e central de São Paulo.

"Quando começamos o VaiMoto sempre pensamos em ser uma solução completa de logística, com moto, bikes, caminhões etc. O courier de bicicleta é forte em cidades como Londres, Nova Iorque e São Francisco. No Brasil, por não ser uma profissão regulamentada, optamos por firmar parceria com alguma empresa que fosse responsável pelos entregadores. Então escolhemos a Bikentrega", relata Daniel Muniz, CEO e sócio-fundador da VaiMoto. Ele espera que a Bikentrega expanda suas atividades para outras cidades e admite a possibilidade de a VaiMoto investir na empresa. Sua projeção é de que no futuro as bicicletas respondam por 5% do total de entregas da VaiMoto. Atualmente, a empresa recebe 400 solicitações por dia e deve chegar a 25 mil corridas por mês após 12 meses de operação.

Modelo de negócios

A VaiMoto não trabalha com uma tabela fixa de preços. São os entregadores que respondem, através de seus smartphones, quanto cobram a cada corrida, e o cliente opta pela proposta que achar mais conveniente – nem sempre vence a mais barata, pois outros requisitos, como a avaliação do entregador pelo público, também pesam na decisão. No caso específico das bicicletas, embora sejam os ciclistas individualmente que respondam às propostas de corridas, é seguida uma tabela de preços da Bikentrega. A VaiMoto cobra uma tarifa de R$ 1,99 dos motofretistas e da Bikentrega por corrida realizada.