Mensageria22/02/2018 às 16h20

Banco do Brasil pretende adotar WhatsApp como canal de atendimento este ano

Henrique Medeiros

O Banco do Brasil vai aderir ao WhatsApp Enterprise (ainda sem nome oficial) neste ano. A informação foi confirmada pelo diretor de negócios do BB, Marco Mastroeni, nesta quinta-feira, 22. De acordo com o executivo, as conversas estão adiantadas e faltam apenas "poucos detalhes” para a solução chegar aos clientes do banco e, dependendo, pode ser lançada ainda no primeiro semestre de 2018.

“Acredito que nós fomos o primeiro banco a ter conversas com o WhatsApp no Brasil. Meu primeiro encontro com eles foi em janeiro de 2016, mas o modelo comercial era embrionário naquela época”, disse Mastroeni, em conversa com Mobile Time. “Agora estamos retomando as conversas para lançar o WhatsApp ainda neste ano, se possível, neste semestre”.

O diretor do BB explicou que o WhatsApp pode surgir, inicialmente, como opção para a solução de chat entre correntista e gerente. O executivo relatou ainda que, assim como outras tecnologias, o WhatsApp corporativo será testado primeiro com funcionários do banco, depois com uma parcela de clientes e, por fim, será liberado para todos os consumidores.

Outros meios

Mastroeni ainda foi questionado sobre outros m-payments. Sobre o Google Pay, explicou que, embora o Bradesco tenha sido o primeiro banco no anúncio, o Banco do Brasil também estará na leva de lançamento com outros bancos, uma vez que a base da tecnologia do meio de pagamento é a do Android Pay. E, em relação ao Apple Pay, o diretor de negócios digitais do BB desconversou. No entanto, fontes próximas ao assunto confirmaram que o Banco do Brasil está negociando com a Apple para aderir ao seu m-payment.