Artigos24/01/2018 às 13h10

Como um aplicativo pode auxiliar sua estratégia de trade marketing

Arielli Secco, da Involves

Estruturar uma área de trade marketing é, com certeza, o primeiro passo para conseguir se destacar no mercado e preservar uma cultura baseada na performance do produto. Porém, outras ações são necessárias para assegurar bons resultados nos pontos de venda. Mesmo tendo uma equipe de ponta e estratégias muito bem definidas por pesquisas de mercado e informações do consumidor, tudo pode mudar na hora da execução.

E se seu concorrente iniciar uma ação inovadora, ou as vendas do seu produto surpreender, para mais ou para menos, a equipe? É nesses momentos que apenas a aquisição de uma tecnologia pode auxiliar a sua operação de trade marketing.

Roteirização da equipe, agendamento de tarefas, comprovação de visitas, acompanhamento de metas, saber a localização da equipe em tempo real, tudo isso pode ser resolvido com a utilização de um aplicativo. As informações são o que há de mais valioso em qualquer operação de trade marketing. Facilitando a forma de captá-las, é possível monitorar e evoluir indicadores de resultados.

As informações não param no back office. Ter dados sobre a performance do produto em cada canal de venda é essencial para planejar melhorias. O comportamento do consumidor muda a todo momento e a única forma de entender os efeitos de cada ação realizada é acompanhar isso de perto.

Com uma tecnologia ajudando a organizar os dados, é possível monitorar o desempenho das vendas em cada loja. Isso dá mais força às estratégias por canais e permite o planejamento de ações direcionadas a cada ponto de venda. Ou seja, todo o embasamento necessário para identificar oportunidades pode estar na palma da sua mão. Selecionar os produtos de acordo com perfil de loja e expectativas do shopper é um ganho real e consequente das informações coletadas em campo.

A utilização de um aplicativo de trade marketing, além de facilitar a vida do gestor e das equipes de campo, ainda resulta num aumento de faturamento. Isso porque será mais fácil acertar nas ações, tomar as decisões no tempo certo e ainda motivar a equipe reconhecendo o desempenho dela.

No trade marketing, tecnologia é sinônimo de agilidade de informação. E essa é a única estratégia que pode levar a uma execução perfeita.

Arielli Secco é coordenadora de conteúdo do Clube do Trade, do portal da Involves