Tapps24/01/2018 às 19h36

Meme Exchange

Henrique Medeiros

A utilização de memes, aquelas mensagens humorísticas que rapidamente viralizam na web, já fazem parte do nosso dia a dia. Seja por WhatsApp, Facebook, Twitter, Instagram, Skype ou Messenger, eles estão lá e quando menos esperamos, eles estão nas telas de nossos parentes e amigos. Agora, imagine que você poderia apostar em qual imagem está prestes a se tornar o próximo viral da web. Essa é a proposta do Meme Exchange (Android), um app que age como espécie de Bolsa de Valores das mensagens engraçadas. Mas, calma, o app não envolve dinheiro de verdade, apenas uma moeda virtual (sem valor) criada para a brincadeira.

O aplicativo é baseado em memes que são postados diariamente na rede social Reedit. Cada imagem postada ali recebe um valor através da Kek, a moeda virtual. À medida que os usuários vão comprando ações daquele meme, sua cotação na bolsa sobe. O contrário acontece se os usuários vendem os papeis da imagem.

O app é bem divertido, cada usuário começa com 100 keks e pode gastar no meme que quiser e apostar no próximo viral da Internet. Com três filtros (mais novos, mais caros e memes com maior crescimento), uma pessoa pode ver quais são as imagens do momento no Reedit.

Uma curiosidade é que os mais populares memes remetem ao presidente norte-americano Donald Trump e suas peripécias na política internacional ou doméstica. Outra vítima constante do humor dos usuários do Reedit, é o Chairman do FCC Ajit Pai, responsável pela política que deu fim à neutralidade de rede nos Estados Unidos. Ele é aposta certa na Meme Exchange.

O app é divertido, mas tem seus problemas. O primeiro deles é o fato de ele ser todo em inglês. Outra questão é que ele se limita aos memes do Reedit, uma mídia pouco difundida fora dos Estados Unidos. Seria bem mais interessante para usuários de outros países se ele considerasse imagens de outros lugares.

Sistema operacional: Android

Preço: Gratuito