Smartphones25/07/2017 às 18h18

Vendas de smartphones caem 3% na China

Da Redação

As vendas de smartphones na China no segundo trimestre caíram 3% em comparação com o mesmo período do ano passado, baixando para 113 milhões de unidades distribuídas ao varejo local (sell-in), pelos cálculos da empresa de pesquisas Canalys. A queda veio após seis trimestres consecutivos de crescimento.

O mercado chinês está se consolidando em torno de fabricantes locais, que vêm crescendo continuamente, enquanto estrangeiros têm perdido share. A liderança está com a Huawei, que enviou ao varejo 23 milhões de smartphones no segundo trimestre. Em segundo lugar vem a Oppo, com 21 milhões de unidades distribuídas no período, o que representa um crescimento anual de 37%. A Vivo aparece em terceiro, com 16 milhões. E o grande destaque, na opinião da Canalys, é a Xiaomi, que ultrapassou a Apple e conquistou o quarto lugar, com 15 milhões de smartphones vendidos no referido trimestre. O sucesso da Xiaomi está na gama média, com modelos que oferecem uma boa relação custo-benefício para os consumidores. A empresa é bem-sucedida também por conta da sua estratégia de venda online.

Cabe destacar que o balanço financeiro da Apple ainda será divulgado. A informação de que ela teria perdido o quarto lugar para a Xiaomi, portanto, ainda não é oficial.