Serviços móveis25/08/2017 às 18h55

Claro leva voz ilimitada para o pré-pago

Fernando Paiva

A cobrança por minutos na telefonia móvel está com os dias contados. Depois de Claro, Oi e TIM, nesta ordem, lançarem planos pós-pagos com voz ilimitada, agora é a vez da tendência chegar ao pré-pago, tendo a Claro como pioneira mais uma vez. A partir de segunda-feira, 28, os clientes pré-pagos da operadora terão uma nova opção de plano semanal: o “Prezão Claro”, que oferece chamadas de voz ilimitadas para números fixos e móveis de qualquer operadora em todo o País. Além disso, o pacote inclui 2 GB de para navegação na Internet pela rede móvel; envio de texto, imagens, áudios e vídeos pelo WhatsApp sem desconto da franquia; e acesso aos serviços Claro Música e Claro Vídeo. O plano Prezão Claro custa R$ 14,99 por semana.

Análise

A transformação da voz em uma commodity no Brasil só é possível graças a uma série de fatores: 1) queda no preço da tarifa de interconexão móvel (VUM) nos últimos anos; 2) competição com serviços de comunicação over the top, como WhatsApp; 3) pressão competitiva entre as próprias operadoras móveis; 4) entrada em operação do serviço de voz sobre a rede 4G (VoLTE), que trafega voz como dados, a um custo muito menor que nas redes antigas – este se restringe por enquanto a poucas cidades e somente nas redes da Vivo e da TIM, mas isso pressiona as concorrentes.