Esportes27/06/2014 às 15h06

Treinus: app brasileiro gerencia treinos de atletas profissionais e amadores

Fernando Paiva

Há muitos aplicativos móveis voltados para atletas, mas poucos para treinadores. O Treinus, desenvolvido pela brasileira AF2G, procura preencher essa lacuna. Trata-se de uma solução na web lançada em 2011 e que há poucas semanas ganhou a sua versão móvel, na forma de um aplicativo Android e que em breve estará disponível para iOS também. Sua proposta é gerenciar a relação entre treinador e seus atletas, organizando as planilhas de treinamento, anotando o desempenho de cada um e até emitindo boletos de pagamento, quando utilizado por assessorias esportivas ou personal trainers. A plataforma é multiesportiva, podendo ser usada para corrida, ciclismo, natação, dentre outros esportes. Atualmente, cerca de 200 assessorias esportivas, 600 treinadores e mais de 20 mil atletas amadores e profissionais utilizam a plataforma Treinus. Há inclusive campeões renomados, como o triatleta Santiago Ascenço.

"A finalidade é ser uma espécie de CRM de atletas, ou ARM", compara Gutenberg Dias, criador do Treinus e CEO da AF2G. Com a plataforma, as antigas planilhas de treinamento em papel migram para o mundo digital. A ideia é que o treinador prescreva o treino direto do seu computador, pela versão web. Os roteiros de treinamento podem incluir diversas variáveis. Um exemplo de treinamento de um corredor amador poderia ser o seguinte: cinco minutos de aquecimento, depois 4 Km de corrida a uma velocidade entre 9 Km/h e 10 Km/h, e finalização em ritmo mais lento. O desempenho dos atletas a cada treinamento pode ser incluído na plataforma, construindo um histórico pessoal para cada um, o que auxilia o treinador na elaboração das planilhas seguintes. Hoje a plataforma está integrada a acessórios conectados da Garmin para acompanhamento de atletas, coletando automaticamente as informações de cada treino. Há planos de integração com outros acessórios esportivos inteligentes no futuro.

A versão do app para os treinadores é uma adaptação simplificada da interface web contendo as principais funções requeridas em mobilidade, como fazer a lista de presença, verificar a planilha de treinamento e o calendário de provas.

O atleta, por sua vez, pode acompanhar o roteiro do próximo treino pelo site, por email ou direto em seu smartphone, pelo app. Gutenberg acredita que, com o lançamento do aplicativo, entre 60% e 70% dos acessos à plataforma feitos por alunos acontecerão através de dispositivos móveis. A expectativa é dobrar a base de alunos até o final do ano.

O Treinus é vendido como um serviço para as assessorias esportivas e treinadores. Cobra-se uma mensalidade de acordo com a quantidade de alunos. O pacote mínimo é de R$ 49 e dá direito a gerenciar até dez alunos.