Pagamentos móveis30/05/2017 às 23h28

Cielo terá loja de aplicativos para suas máquinas de POS

Fernando Paiva, de São Paulo*

A Cielo planeja lançar no terceiro trimestre uma loja de aplicativos para a sua nova máquina de POS, a LIO, que usa sistema operacional Android. A loja se chamará Cielo Store. Qualquer desenvolvedor poderá criar aplicativos Android para distribuição através dessa loja tendo como público alvo os comerciantes que utilizam a máquina.

Para facilitar a criação dos apps, a Cielo desenvolveu um SDK. “Antigamente a integração direta com o POS era feito caso a caso, com poucos lojistas. Levava em média uma ano e meio para a integração. Com a Lio isso acontece em dois dias”, relatou Daniel Passarelli, gerente sênior de inovação da Cielo,  em palestra no seminário APIX, nesta terça-feira, 30, em São Paulo.

Os desenvolvedores terão a liberdade de criar apps gratuitos ou pagos. Se forem pagos, a Cielo terá uma participação na receita, mas o percentual não foi revelado. A empresa acredita que os fornecedores de soluções de automação comercial serão os principais interessados em aderir à loja.

Por enquanto estão sendo testados alguns aplicativos construídos por start-ups com o SDK da Lio. Um deles é feito para a venda de chopp: com a máquina de POS conectada a uma chopeira automática, a cada venda a Lio envia o comando para que seja servida a bebida. Até a escolha do nível de colarinho é feita na tela da máquina de POS, em uma interface visual.

Segurança

Para garantir a segurança dos pagamentos com cartão, a Lio é dividida em duas áreas: uma exclusiva para as transações financeiras, como qualquer máquina de POS e seguindo todos os padrões de segurança da indústria, e outra para os apps. A API da Lio fornece aos desenvolvedores acesso somente à segunda área. A primeira segue fechada, como uma caixa preta. O próprio design da Lio reflete isso: um lado da máquina funciona como POS e o outro, como um smartphone Android.

*O jornalista viajou a convite da organização do APIX