Química31/01/2018 às 18h28

Beaker

Henrique Medeiros

Sou da geração que pegou o finalzinho da febre dos laboratórios químicos de brinquedo. Passava horas misturando elementos químicos para ver pequenas explosões ou uma variação de cores que impressionavam outras crianças. Hoje existem opções nas lojas, mas muitos pais ficam receosos em dar esse tipo de brinquedo para seus filhos. E, em alguns casos, os jovens têm dificuldades em entender o que é sal, ácido, óxido, metal ou base – sim, também sou aficionado por química.

Por essas e outras razões, uma alternativa interessante é o aplicativo Beaker (Android, iOS). Ele simula na tela do smartphone misturas químicas em um laboratório virtual. Dentro do app, uma pessoa pode misturar, queimar com um palito de fósforo, ferver, separar os elementos, filtrar e chacoalhar os mais de 150 elementos químicos que o Beaker possui, sendo que para cada operação é mostrada a equação das misturas.

No entanto, a função mais interessante é o AirMix. Nela, o usuário pode usar dois smartphones para passar o elemento de um para o outro, como se estivesse usando um béquer de laboratório. Mas para usar esta função os dois celulares precisam estar conectados e com a geolocalização ligada.

Para aqueles que desejam se aperfeiçoar mais, na página do app, dentro da App Store e da Google Play, o aplicativo possui uma série de misturas que podem ser feitas. Embora esteja em inglês, o aplicativo é fácil de mexer, uma vez que os elementos químicos estão com suas nomenclaturas. Por exemplo: Hidrogênio (H), Oxigênio (O) e Carbono (C).

Sistema operacional: Android e iOS

Preço: Gratuito