O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, anunciou nesta quinta-feira, 6, o lançamento da solução de inteligência artificial do WhatsApp, a Meta AI, em português para o Brasil no próximo mês de julho. Durante apresentação em vídeo no Meta Conversations, o executivo explicou que a solução será lançada com uma série de novos idiomas.

Vale lembrar que a companhia mostrou ao mundo a versão mais nova da Meta AI em abril, uma assistente alimentada pelo seu grande modelo de linguagem (LLM), o Llama 3. Mas inicialmente, a assistente estava focada em inglês.

Na época, o principal destaque era a possibilidade de gerar imagens direto do app de mensageria.

IA para negócios

Meta AI

Outra novidade de IA da Meta é a incorporação de inteligência artificial para pequenos negócios na plataforma WhatsApp Business. Zuckerberg explicou que estão testando uma solução que permitirá otimizar e personalizar mensagens de marketing (por meio do Ads Manager) que as empresas enviam para seus clientes.

Inicialmente, a solução está em teste na Índia e Singapura, mas deve chegar ao Brasil em breve.

Para Mobile Time, Guilherme Horn, head do WhatsApp para mercados emergentes, explicou que a ideia é que a solução de IA chegue para deixar campanhas das empresas bem sucedidas e relevantes, ao direcionar as mensagens personalizadas aos clientes. Algo que ajudará a converter em mais negócios.

Paralelamente, a Meta está treinando sua IA para responder os questionamentos mais populares que as empresas recebem no WhatsApp, de modo que possam ajudar clientes a encontrar as respostas que desejam.

Meta Verified

Meta AI

Outra novidade para empresas pequenas, médias e grandes é o lançamento do modelo de assinatura de selo verificado, o Meta Verified. Chegando primeiro para Brasil, Colômbia, Índia e Indonésia já está em implementação. Para obter o logo, a empresa pede de US$ 15 a US$ 300 por mês, a depender do pacote.

Horn disse a Mobile Time que o preço praticado foi estudado antes e considerou os pequenos negócios. Afirmou que a companhia demorou um ano para desenvolver a solução e que, além de ter o papel da chancela de um selo verificado,  também colabora para combater fraudes.

Durante a apresentação de Zuckerberg, um desenvolvedor afirmou a esta publicação que o Meta Verified era aguardado pelos seus clientes. Além disso, a maioria deles acredita que US$ 15 é um valor factível mesmo para pequenos negócios.

Imagem principal: Mark Zuckerberg, CEO da Meta (crédito: Henrique Medeiros/Mobile Time)