Uma parceria entre o Instituto Península, empresa de investimentos da família Diniz, a ONG Parceiros da Educação e a empresa Trocafone, de venda de aparelhos seminovos, incentiva a doação de smartphones e tablets usados. Os dispositivos arrecadados serão doados a estudantes de escolas públicas que não conseguem acesso à tecnologia e, consequentemente, ao ensino remoto, imposto pela pandemia do novo coronavírus.

A campanha “Abre a gaveta e doe”, que também conta com apoio institucional da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo pretende arrecadar 20 mil aparelhos até o dia 30 de setembro.

Cabe à Trocafone gerenciar toda a operação da campanha, desde a coleta, triagem, limpeza, eliminação de dados dos aparelhos até a entrega às escolas.

Os estudantes beneficiados com um dispositivo serão selecionados conforme um critério desenvolvido em conjunto com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. A ideia é visar os alunos em situação de vulnerabilidade e que não possuem um dispositivo para acompanhar as atividades pedagógicas remotamente.

Para fazer a doação, acesse este site. Para empresas que queiram participar do programa e doar aparelhos corporativos inutilizados podem entrar em contato pelo e-mail [email protected]