Cadê os apps de chamada telefônica e SMS? Sumiram!

Antigamente, na era pré-smartphone, as funções mais usadas em um telefone celular eram a chamada telefônica e o SMS (mensagem de texto).

A popularização dos smartphones provoca uma migração dos serviços tradicionais das operadoras móveis para aplicativos de comunicação over the top, como WhatsApp, Telegram e Messenger.

Uma das consequências desse movimento é que os planos das operadoras móveis pararam de focar em minutos ou pacotes de SMS e passaram a ser planos de dados, medidos em Gigabytes.

Outra consequência é que os usuários estão retirando os apps de chamada telefônica e de SMS da tela inicial de seus smartphones porque simplesmente não precisam mais deles.

Para investigar essa tendência, a pesquisa Panorama Mobile Time Opinion Box entrevistou 2.036 brasileiros que possuem smartphone.

Perguntamos: Você tem o app de realização de chamadas na tela inicial do seu smartphone?

Descobrimos que 17% dos brasileiros com smartphone não têm mais o aplicativo de chamadas em sua home screen.

Cinco anos atrás, em 2017, apenas 6% haviam removido esse app.

Também perguntamos: Você tem o app de leitura de SMS (mensagem de texto) na tela inicial do seu smartphone?

24% declararam que não têm. Cinco anos atrás eram 15%. Ou seja, a proporção está crescendo.

A chegada de novas tecnologias, como Voz sobre LTE (VoLTE), que melhora a qualidade do áudio, e o RCS, considerado a evolução do SMS, talvez revertam essa tendência no futuro.

A pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box foi realizada entre 10 e 20 de novembro de 2021. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais e o grau de confiança é de 95%.

Quer ler o relatório na íntegra? Baixe no site do Mobile Time!