Diminui o hábito de jogar no celular no Brasil

O arrefecimento da pandemia parece ter impactado no consumo de games móveis no Brasil.

Em 12 meses, diminuiu de 59% para 52% a proporção de brasileiros com smartphone que jogam no aparelho, informa a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box de junho de 2022.

Os jovens de 16 a 29 anos são os que mais jogam no smartphone (60%).

A proporção de jogadores móveis cai para 50% no grupo de 30 a 49 anos e diminui para 44% entre aqueles com 50 anos ou mais.

O hábito é mais comum entre pessoas das classes C, D e E (53%) que entre aquelas das classes A e B (45%), talvez pela diferença no acesso a videogames de console e computador.

Candy Crush reassumiu a liderança como o jogo móvel mais popular do Brasil, citado como o game preferido de 11% dos mobile gamers brasileiros.

Free Fire, que antes ocupava a liderança, agora está em segundo lugar, citado por 9% dos brasileiros que jogam no smartphone.

Abaixo deles vêm vários jogos sendo apontados como os favoritos por 2% dos entrevistados: Coin Master, Call of Duty, Clash Royale, Minecraft e Pokemon Go.

A pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box entrevistou 2.041 brasileiros que usam smartphone, entre os dias 13 e 23 de abril de 2022.

A margem de erro é de 2,1 pontos percentuais e o grau de confiança é de 95%.

O relatório integral da pesquisa está disponível para download gratuito no site do Mobile Time.