Tchê Turbo

O provedor de Internet gaúcho Tchê Turbo lança nesta segunda-feira, 22, a sua operadora móvel virtual (MVNO, na sigla em inglês) Tchê Turbo Móvel, conectada à rede da Vivo através da plataforma da Telecall. 

Fundado em 2003, o ISP é sediado no município de Frederico Westphalen/RS e atua em 25 cidades do Noroeste do Rio Grande do Sul com banda larga por fibra óptica, telefonia fixa e streaming de vídeo. São municípios, em sua maioria, com menos de 30 mil habitantes e distantes de Porto Alegre. Seu backbone tem 2 mil Km de extensão. O market share do Tchê Turbo gira em torno de 45%, em média, nas cidades onde opera, chegando perto de 70% em Frederico Westphalen.

A telefonia celular agora será agregada aos seus planos, mas também oferecida como chip avulso, com franquias que variam de 3 GB a 20 GB. Todos os planos incluem WhatsApp ilimitado para texto e voz. O plano básico tem um limitação de velocidade (5 Mbps no download e 1 Mbps no upload). Há planos com ligações ilimitadas para qualquer operadora. Todos os planos são pós-pagos.

Um dos motivos para a escolha da Telecall e da Vivo é o fato de a operadora ter a melhor cobertura nas cidades onde o Tchê Turbo atua, diz seu CEO, Luiz Bastian Junior, em conversa com Mobile Time.

10 mil chips

A expectativa do Tchê Turbo é conseguir vender 10 mil chips da sua MVNO até o final do ano, informa Bastian Junior. Inicialmente, a empresa tem uma licença de operadora móvel virtual credenciada mas, se a demanda for maior que a esperada, vai avaliar a possibilidade de se tornar uma autorizada, diz o executivo.

Segundo Bastian Junior, sua vantagem frente às operadoras tradicionais é a qualidade do atendimento. “O grande diferencial é a proximidade com o cliente. A gente entende as necessidades dele”, afirma. A possibilidade de unificação de faturas de telecomunicações em um único provedor também motivou o movimento da empresa. “Assim conseguimos fidelizar o cliente e ele cria uma identidade com a gente, tendo um único fornecedor. Além disso, dá uma credibilidade maior para a companhia e fortalece a marca”, explica.

Cerca de cinco anos atrás o Tchê Turbo avaliou pela primeira vez entrar em telefonia móvel, mas à época entendeu que o mercado ainda estava muito cru. “Havia pouca autonomia (para a MVNO). A gente ficou com medo de não ter autonomia e de ser uma mera revenda da operadora. Na metade do ano passado retomamos esse projeto. Agora o mercado está mais maduro. Estão mais claros os modelos de autorizada e credenciada”, relembra.

Fórum de Operadoras Inovadoras

Luiz Bastian Junior participará do painel “Novos nichos para MVNOs” durante a 4ª edição do Fórum de Operadoras Inovadoras, evento online organizado por Mobile Time e Teletime nos dias 22 e 23 de março. Está confirmado no mesmo painel Roberto Amud, superintendente de produtos digitais do Bmg. Para mais informações acesse www.operadorasinovadoras.com.br ou fale com a equipe de eventos do Mobile Time: eventos@mobiletime.com.br / 11-96619-5888 / 11-3138-4619 (WhatsApp).