Privacidade10/07/2018 às 21h24

Reino Unido multa Facebook em 500 mil libras esterlinas por Cambridge Analytica

Da Redação

O governo do Reino Unido estabeleceu uma multa preliminar de 500 mil libras esterlinas para o Facebook (aproximadamente US$ 664 mil) por envolvimento no escândalo da Cambridge Analytica, uma ação que pode acarretar em uma série de multas e punições à empresa do CEO Mark Zuckerberg.

Segundo o Washington Post, o órgão regulador Information Commissioner Office (ICO) aplicou a multa após constatar diversas falhas na proteção dos dados dos usuários da rede social. Tais medidas poderiam evitar que a Cambridge Analytica influenciasse na opinião de internautas no Facebook.

O ICO não revelou quais foram as descobertas que geraram a apresentação da multa. No entanto, a agência britânica ressaltou que aplicou a punição com foco no interesse público. A multa pode subir, uma vez que o órgão deve fazer uma revisão do caso em outubro deste ano.

Em nota ao jornal, a diretora de privacidade do Facebook, Erin Egan, reconheceu a falha da empresa e disse que vai revisar o relatório da ICO assim que tiver acesso. Egan enfatizou ainda que vem trabalhando com outros reguladores nas investigações sobre as ações da Cambridge Analytica.

Além da ICO, outras multas devem ser aplicadas ao Facebook. Em especial, o Federal Trade Commission (FTC), dos Estados Unidos, poderá aplicar uma multa bilionária à companhia de Zuckerberg.

Outros órgãos dos EUA que investigam o caso são a Securities Exchange Commission (SEC, órgão similar à brasileira CVM) e o FBI, já que o escândalo envolveria um favorecimento da Cambridge Analytica ao presidente Donald Trump na eleição de 2016.