O TIM Dicas, serviço de conteúdo por SMS oferecido gratuitamente pela TIM lançado na semana passada, não tem apenas o propósito de fidelizar os assinantes. Na verdade, o modelo de negócios envolve projetos futuros de publicidade móvel. A intenção da TIM é conhecer melhor seus clientes, a partir das informações que eles pedirem para receber no TIM Dicas, que variam desde alertas sobre trânsito, até vagas de emprego, passando por ofertas comerciais de compras coletivas. Ou seja: com o TIM Dicas a operadora passa a conhecer o percurso que o usuário realiza diariamente de casa para o trabalho, suas preferências como consumidor e sua área de atuação profissional. "O TIM Dicas é um serviço com conteúdo ultrasegmentado, onde o cliente informa exatamente do que precisa", descreve o gerente de serviços de valor adicionado (SVA) da TIM, Flávio Ferreira. "Quando tivermos uma base relevante de usuários com opt-in, poderemos gerar receita com mobile advertising a partir do conhecimento que temos sobre esses clientes", explica o executivo. A receita com publicidade móvel será dividida com os parceiros de conteúdo do TIM Dicas, que atualmente são Maplink, Peixe Urbano e Vagas.com.

A TIM não é a única operadora brasileira a trabalhar para aprimorar seu cadastro de usuários visando ações de mobile advertising. A Claro vem fazendo o mesmo há alguns meses, conforme adiantado por este noticiário, e prepara o lançamento em março de uma plataforma de mobile advertising na web para agências e anunciantes em geral.