Os bancos digitais descobriram uma maneira mais prática e segura de verificar o endereço residencial de um novo cliente que se cadastra para abrir uma conta. Em vez de solicitar o envio da imagem de alguma fatura de serviço básico como comprovante, que leva dias para ser verificada, as instituições financeiras estão usando uma solução que analisa os dados históricos de localização coletados pelo celular da pessoa. A ideia foi desenvolvida pela InLoco e vem sendo utilizada há alguns meses por seis bancos digitais, além de dois sites de e-commerce e um serviço de delivery. Ao todo, mais de 2 milhões de endereços já foram verificados através dessa tecnologia, informa o fundador e CEO da InLoco, André Ferraz, em conversa com Mobile Time.

“A experiência é muito melhor, porque a aprovação (do endereço) é imediata, enquanto uma foto (de uma fatura) leva de cinco a sete dias porque requer a revisão de humano”, comenta o executivo.

Para executar essa verificação, a solução da InLoco precisa ser incorporada ao aplicativo do banco ou e-commerce. O histórico de movimentação do usuário passa a ser armazenado e analisado. O local onde a pessoa costuma passar as noites é interpretado como seu endereço residencial, enquanto aquele onde passa a maior parte dos dias de semana é entendido como seu endereço de trabalho. A solução usa não apenas os dados do GPS, mas também outros que indicam a localização, como as redes Wi-Fi às quais o telefone se conecta, o que impossibilita a fraude de falsificação do GPS. A InLoco atribui uma pontuação de integridade para o endereço informado no cadastro e envia para o banco aprovar ou não o novo usuário. “Com localização, é mais difícil fraudar a abertura de uma conta. É preciso usar seu endereço verdadeiro. Ninguém vai conseguir abrir uma conta no seu nome por mais que roube seus documentos”, diz o CEO da InLoco.

Uma característica importante da solução é a utilização da criptografia homomórfica. Ela permite que os dados sejam tratados e analisados ainda que criptografados, o que garante a privacidade dos usuários. Ou seja, tanto o endereço informado no cadastro quanto os dados de localização capturados pelo celular são criptografados e o seu cruzamento não requer a decriptografia.

“Não precisamos ter acesso ao endereço digitado pelo usuário no cadastro. Tudo acontece localmente, com a técnica de criptografia homomórfica, que roda operações matemáticas em cima de dados criptografados, que é justamente o histórico de localização”, descreve Ferraz.

Verificação por transação

O próximo passo é a adaptação dessa solução para validar transações em tempo real, como pagamentos por QR code, para ter certeza de que a operação acontece dentro do endereço do estabelecimento comercial beneficiado, por exemplo. Seu lançamento deve acontecer em setembro.

Histórico

A InLoco é conhecida no mercado pelo desenvolvimento de soluções relacionadas a localização. Criada por estudantes da UFPE, ela desenvolveu originalmente uma forma de identificar a localização de pessoas em ambientes fechados a partir dos sinais de Wi-Fi captados pelos celulares. A solução foi adotada em diversos aplicativos para viabilizar campanhas de publicidade móvel com maior precisão.

Mobishop e Mobi-ID

O painel de abertura da segunda edição do Mobishop, seminário sobre m-banking, m-commerce e m-payment, será sobre o novo cenário competitivo do mercado bancário brasileiro e já conta com participações confirmadas de Livia Chanes, diretora do Iti, do Itaú Unibanco, e de Jeferson Honorato, direto do next, banco digital do Bradesco. O Mobishop acontecerá no dia 8 de outubro, no WTC.

Por sua vez, o Mobi-ID, seminário sobre identificação e autenticação digitais organizado por Mobile Time, contará com apresentação de André Ferraz, CEO da InLoco, sobre autenticação por localização. A segunda edição do Mobi-ID acontecerá no dia 25 de novembro, no WTC, em São Paulo. O evento contará também com painéis sobre reconhecimento facial e sobre como grandes empresas avaliam as diferentes formas de autenticação digital de acordo com sua segurança e conveniência. A agenda atualizada e mais informações sobre os dois eventos estão disponíveis em www.mobishop.com.br e www.mobi-id.com.br, ou pelo telefone 11-3138-4619, ou pelo email eventos@mobiletime.com.br