Buggy PowerA startup eiON, de Curitiba, desenvolveu o protótipo de um carro elétrico totalmente montado no País. Com conexões Wi-Fi e Bluetooth embarcadas, o Buggy Power também possui um aplicativo para monitorar as baterias de íons de lítio de última geração e pode ser ligado via app. O automóvel tem autonomia de 200 km e sua bateria pode ser carregada durante 2 a 5 horas, dependendo se for em tomada 110v ou 220v. A empresa, que levou dois anos para desenvolver o produto, diz estar pronta para a produção comercial. Seu preço final está em R$ 99 mil.

Atualmente, a eiON participa da Aceleradora Sistema Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná). O modelo, buggy, foi pensado em aliar mobilidade e diversão e projetado para atender a demanda turística do Brasil, em resorts e em clubes de campo, por exemplo. Com base em informações de consultores que atuam neste nicho de mercado, a eiON estima uma demanda por 1 mil unidades por ano do Buggy Power no País. Além disso, há uma estimativa de haver uma demanda internacional.

“Vai ser possível o desenvolvimento de outros aplicativos que poderão “conversar” com o veículo. Com a conexão existente poderão ser desenvolvidas inúmeras aplicações. Temos interesse em parcerias para o desenvolvimento de aplicativos. Com a conectividade e a criatividade, o céu é o limite”, comentou para Mobile Time o diretor da eiON Hélio Mitsuo Sugai.